Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump diz que 'certamente' entraria em guerra com o Irã, mas 'não agora'

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que consideraria uma ação militar contra o Irã para impedir que a República Islâmica consiga armas nucleares. A briga entre Teerã e Washington aumentou depois que os EUA acusaram o Irã de atacar dois petroleiros.
Sputnik

"Eu certamente vou considerar as armas nucleares", disse Trump à revista Time na terça-feira, quando perguntado sobre o que poderia levá-lo a declarar guerra ao Irã. "E eu manteria o outro um ponto de interrogação".

A reportagem não especificou se o presidente elaborou o cenário de lançar um conflito armado de pleno direito com a República Islâmica sobre seu programa nuclear. Quando um repórter perguntou a Trump se ele estava considerando uma ação militar contra o Irã agora, ele respondeu: "Eu não diria isso. Eu não posso dizer isso".

Seus comentários foram feitos um dia depois de o Pentágono ter enviado 1.000 soldados extras para o Oriente Médio "para fins defensivos".

Os Estados Unidos cu…

Rússia e África têm 'grande' potencial de cooperação industrial e militar, diz ministro

O ministro russo da Indústria e Comércio, Denis Manturov, disse nesta quarta-feira (16) que há um grande potencial de cooperação entre a Rússia e a África no setor Industrial, acrescentando que empresas russas são capazes de fortalecer sua presença no mercado africano.


Sputnik

"Há um grande potencial para para cooperação russo-africana nos setores militar-técnico e industrial. As empresas russas são capazes de fortalecer suas posições no mercado africano através do uso correto de suas vantagens. Nós esperamos que o interesse nessa região cresça entre os industriais russos com o tempo. Em qualquer nível, nós faremos tudo que pudermos para isso", disse Manturov, conforme citação da Fundação Roscongress.


Resultado de imagem para Denis Manturov
Denis Manturov | Reprodução

De acordo com a fundação, uma grande organizadora de convenções e exibições de eventos, tanto na Rússia como no exterior, decisões foram tomadas durante uma reunião com Anton Kobyakov, um conselheiro do presidente da Rússia, Vladimir Putin, e com o professor Benedict Oramah, presidente da mesa de diretores do Banco Africano de Exportação-Importação (Afreximbank).

Como resultado da reunião, será realizado o 1º Fórum Rússia-África de Negócios, em outubro de 2019, a cidade russa de Sochi. O evento fará parte do encontro Rússia-África.

O evento receberá os líderes dos Estados africanos e representandos russos, africanos de agências internacionais de negócios e de governos, assim como de associações de integração no continente africano.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas