Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Gorbachov chama EUA para retomar diálogo com a Rússia sobre armas nucleares

O último presidente da União Soviética, Mikhail Gorbachov, pediu que os Estados Unidos retomem um "diálogo sério" com a Rússia sobre o problema das armas nucleares e alertou contra as "perigosas tendências destrutivas" na política mundial, em artigo publicado nesta quarta-feira no jornal "Vedomosti".
EFE

Moscou - Após constatar uma ruptura da comunicação entre Moscou e Washington, o ex-líder soviético se dirigiu em particular aos congressistas americanos para pedir que deixem de lado suas diferenças partidárias para facilitar um "diálogo sério" entre ambos os países.


"Estou convencido de que a Rússia está preparada (para o diálogo)", ressaltou Gorbachov, que manifestou preocupação com a suspensão, primeiro pelos EUA e depois pela Rússia, do Tratado de Eliminação dos Mísseis de Médio e Curto Alcance (INF), que ele assinou em 1987 com o então presidente americano, Ronald Reagan.

Gorbachov apontou que por trás da decisão de Washington de deix…

Rússia registra violações de cessar-fogo na Síria

O Centro Russo para Reconciliação Síria disse nesta quinta-feira (31) que, ao longo das últimas 24 horas, registrou ao menos 4 violações de cessar-fogo na província síria de Idlib.


Sputnik

A região é hoje uma zona dedicada à diminuição de conflitos na Síria.


Retrato do presidente da Síria, Bashar Assad, no subúrbio de Aleppo
© Sputnik / Mikhail Voskresenskiy

"Apesar do regime de cessar-fogo estabelecido no país, ainda há casos de violação de cessar-fogo na zona de diminuição de conflitos de Idlib", afirmou o líder do Centro, o Tenente General Sergei Solomatin.

Solomatin também detalhou que terroristas atacaram Tall-Bazam, na província de Hama, assim como duas vezes atacaram Nahseba, na província de Latakia. O último ataque aconteceu em Wrah, na província de Aleppo.

O Centro também realizou entregas humanitárias na cidade de Aleppo, levando uma tonelada de pão fresco a pessoas com dificuldades de encontrar alimentos.

A Síria está em estado de guerra civil desde 2011. As forças do governo estão em conflito com numerosos grupos de oposição, militantes e organizações terroristas. A Rússia, assim como a Turquia e o Irã, é garantidora do regime de cessar-fogo na Síria. Moscou também tem fornecido ajuda humanitária aos residentes da Síria.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas