Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump diz que 'certamente' entraria em guerra com o Irã, mas 'não agora'

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que consideraria uma ação militar contra o Irã para impedir que a República Islâmica consiga armas nucleares. A briga entre Teerã e Washington aumentou depois que os EUA acusaram o Irã de atacar dois petroleiros.
Sputnik

"Eu certamente vou considerar as armas nucleares", disse Trump à revista Time na terça-feira, quando perguntado sobre o que poderia levá-lo a declarar guerra ao Irã. "E eu manteria o outro um ponto de interrogação".

A reportagem não especificou se o presidente elaborou o cenário de lançar um conflito armado de pleno direito com a República Islâmica sobre seu programa nuclear. Quando um repórter perguntou a Trump se ele estava considerando uma ação militar contra o Irã agora, ele respondeu: "Eu não diria isso. Eu não posso dizer isso".

Seus comentários foram feitos um dia depois de o Pentágono ter enviado 1.000 soldados extras para o Oriente Médio "para fins defensivos".

Os Estados Unidos cu…

Singapura está disposta a substituir caças F-16 por F-35, diz ministro da Defesa

O ministro da Defesa de Singapura, Ng Eng Hen, disse hoje (18) que a Força Aérea do país planeja substituir os caças F-16 que agora estão em serviço por aeronaves F-35.


Sputnik

"Os F-16 da Força Aérea da República de Singapura [RSAF] que têm estado em serviço desde 1998 terão que ser retirados logo depois de 2030, mesmo depois da sua modernização a meio de sua vida útil […] Estou feliz por comunicar que a DSTA, Agência de Ciência e Tecnologia de Defesa, e a RSAF concluíram a avaliação técnica da substituição […] Eles decidiram que os F-35 seriam os caças mais adequados para os substituírem", escreveu o ministro no Facebook.


Caça F-35 (imagem referencial)
F-35 Lightning II | CC0 / Pixabay

Ele acrescentou que as agências responsáveis vão negociar com a parte norte-americana para avançar com o processo, que pode levar até um ano até à tomada de decisão.

O ministro declarou que o país queria primeiro "receber várias aeronaves para avaliar completamente as capacidades dos F-35 antes de decidir sobre a aquisição de uma frota inteira".

O F-35 é um caça furtivo norte-americano de quinta geração, considerado o mais caro da história da produção de armas, com um custo total ao longo do período de vida útil de 1,5 trilhão de dólares.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas