Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

Tanque russo T-14 Armata começará testes em 2019

O tanque T-14 da Rússia baseado na plataforma Armata passará por testes estatais nas instituições científicas e de pesquisa do Ministério da Defesa em 2019, informou o serviço de imprensa do ministério em 1 de janeiro.


Forças Terrestres

“O tanque T-14, que foi criado na plataforma universal Armata e desenvolvido para as Forças Terrestres, está completando os testes do fabricante. O veículo de combate em 2019 começará a ser submetido a testes estatais nas instituições científicas e de pesquisa do Ministério da Defesa da Rússia”, disse o ministério.



O T-14 é o único tanque do pós-guerra de terceira geração do mundo. O Armata é o desenvolvimento da Rússia, que não tem contrapartes no mundo.

Mais cedo, o vice-ministro da Defesa, Alexei Krivoruchko, disse que o Ministério da Defesa assinou um contrato com a Uralvagonzavod para a entrega de 132 tanques T-14 e veículos de combate de infantaria T-15 baseados na plataforma de combate Armata. As entregas devem ser concluídas até 2021.

O tanque T-14 baseado na plataforma Armata foi mostrado ao público pela primeira vez no desfile do Dia da Vitória na Praça Vermelha em 9 de maio de 2015. O novo veículo de combate possui equipamento totalmente digitalizado, uma torre não tripulada e uma cápsula blindada isolada para a tripulação.

FONTE: TASS

Comentários

Postagens mais visitadas