Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Ucrânia não consegue entregar aos EUA um único tanque

Kiev não conseguiu fornecer a Washington o único exemplar do tanque de combate principal Oplot, cuja venda foi anunciada ainda em fevereiro do ano passado.


Sputnik

Segundo escreve o blog do Centro de Análise de Estratégias e Tecnologias russo bmpd, estava previsto que o veículo blindado seria entregue e entraria em serviço do Exército americano depois que a Ucrânia tivesse cumprido suas obrigações no âmbito do contrato com a Tailândia, assinado ainda em 2011, e fornecido os mesmos tanques ao país asiático. O consórcio estatal Ukroboronprom anunciou que concluiu as entregas em março de 2018.


1629223_original
Tanque ucraniano Oplot | Foto de janeiro de 2019

No entanto, já em junho revelou-se que é pouco provável que o Pentágono receba o veículo de combate.

O contrato que previa a exportação do tanque ucraniano Oplot aos EUA foi firmado ainda em 2012, mas seu custo de produção aumentou quatro vezes em 7 anos.

De acordo com os dados à disposição do Centro russo, o contrato entre a Ucrânia e os EUA foi rompido de comum acordo em junho do ano passado.

O tanque T-84 Oplot é o desenvolvimento mais recente de tanques ucranianos e herdeiro do veículo blindado soviético T-80UD, ele é dotado de um motor a diesel. O primeiro T-84 foi projetado em 1994 e entrou em serviço das Forças Armadas da Ucrânia em 1999.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas