Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

Urso 'se apodera' de submarino russo

Militares russos estão contaminando o Ártico, jogando lixo de submarino e, consequentemente, instigando famintos ursos polares. Esta é a mensagem divulgada pela mídia britânica com fotos em alta resolução.


Sputnik

Os protagonistas da história são um urso polar e um submarino da classe Delfin (Delta-IV, para a OTAN).


Ursos polares se aproximam do submarino nuclear USS Honolulu (2003)
CC0 / Chief Yeoman Alphonso Braggs, US-Navy / Polar bears near north pole

Originalmente, a história foi publicada pelo jornal Express e logo apareceu no Daily Mail. O autor do artigo do Express, Marco Giannangeli, afirmou que o submarino russo estava patrulhando o norte das ilhas norueguesas de Svalbard e Jan Mayen quando emergiu do gelo para jogar sacos de lixo.

"A tripulação não fazia ideia que tinha sido vista por um urso polar que foi até o convés do submarino em busca de mais sacos de lixo, enquanto 120 marinheiros da embarcação foram ordenados a permanecer debaixo do convés", escreveu Giannangeli, sem especificar de onde conseguiu tais informações.


A lone polar bear sits on the ice looking at the Russian Delta IV class submarine that is thought to have been patrolling north of the Norwegian islands of Svalbard and Jan Mayen


Este e outros detalhes da história, que graças à mídia britânica obteve um toque político, fizeram com que leitores duvidassem da veracidade. Por exemplo, o jornalista irlandês Ceimin Burke escreveu que "este artigo, do Daily Mail, trata-se de um incidente que ocorreu ao menos há nove anos. Simplesmente atuam como se fosse novo".

Visto que a Defesa russa ainda não comentou as fotos polêmicas britânicas, a Sputnik independentemente conseguiu encontrar provas de que a história contada por Giannangeli não é nada único. Este é um vídeo de 2009, e a foto principal do nosso artigo é de um incidente com um submarino estadunidense em Honolulu.

Em 2003, a mídia britânica não acusou marinheiros dos EUA de sujarem o planeta.

Comentários

Postagens mais visitadas