Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Argentina pode dar avião como parte de pagamento por gás natural da Bolívia

As mudanças no contrato de gás entre a Argentina e a Bolívia permitirão que Buenos Aires economize cerca de US$ 460 milhões, mas o acordo tem um detalhe curioso sobre o que acontecerá se a Argentina precisar de mais suprimentos.


Sputnik

A Bolívia concordou em exportar menos gás para seu vizinho da América do Sul durante um período de baixa demanda, o verão do país, aliviando a Argentina de pagar as penalidades incluídas em uma versão anterior do acordo. Segundo o acordo renovado assinado na última quinta-feira, a Argentina importará 11 milhões de metros cúbicos de gás por dia de janeiro a abril.


IA-63 Pampa II
CC BY-SA 4.0 / Esteban Vermaasen / Cruz del Sur (Argentine Air Force) LMAASA IA-63 Pampa II (AT-63) at Moron

Durante o período de maior consumo, a importação do país aumentará para 16 milhões em maio e outubro e para 18 milhões de junho a agosto.

No entanto, se Buenos Aires precisa de mais energia durante o período de maior demanda, ela ofereceu dar um avião como parte do acordo para pagar os custos, de acordo com o Ministério do Tesouro da Argentina.

O país entregará uma aeronave de treinamento de jato avançado Pampa 3 para a Bolívia se suas importações de gás excederem o limite acordado em 45 milhões de metros cúbicos durante os meses de inverno de maio a setembro.

O Secretário de Energia da Argentina, Gustavo Lopetegui, explicou que, graças à recente descoberta e desenvolvimento dos recursos próprios do país de gás natural, a produção doméstica aumentou significativamente, e o país teve excesso de oferta durante o período de verão.

A introdução desse fornecimento sazonal permite que a Argentina economize US$ 460 milhões em 2019-2020, segundo o funcionário.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas