Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Armamento americano é apreendido em aeroporto da Venezuela

O Ministério do Interior da Venezuela informou através de sua contra no Twitter que no Aeroporto Internacional de Arturo Michelena, situado na cidade venezuelana de Valencia, foi apreendido armamento militar procedente de Miami (EUA).


Sputnik

Segundo as informações publicadas pelo vice-ministro de Prevenção e Segurança Cidadã, Endes Palencia, no dia 5 de fevereiro, as autoridades apreenderam munições de grande calibre, 19 fuzis, 118 carregadores de fuzis, 90 antenas de rádio, quatro porta-fuzis e seis celulares. O armamento foi encontrado em uma zona de armazenamento do aeroporto e, segundo as informações das autoridades, havia chegado ao país no domingo (3) a bordo de um Airbus prefixo N881YV.


© Foto: Twitter/Conta oficial do Governo Bolivariano de Carabobo, liderado por Rafael Lacava

De acordo com as autoridades, "o material seria destinado a grupos criminosos e ações terroristas no país, financiados pela 'extrema-direita fascista' e pelo governo dos EUA, tendo o o vice-ministro anunciado que a Procuradoria Geral recebeu ordem para "continuar com as investigações e encontrar os responsáveis".

As autoridades informaram também que o Governo nacional reforçou o trabalho de segurança nos portos, terminais aéreos, zonas aduaneiras e outros espaços do país para "garantir a independência, soberania e liberdade".

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas