Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Ataque terrorista no Irã teria deixado um militar morto e 5 feridos

Militares do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC) do Irã foram mortos durante um ataque de terroristas no sudeste do Irã, informa a agência de notícias IRNA neste sábado (2).


Sputnik

agência não especificou o número de mortos.

No entanto, segundo a Fars News uma pessoa morreu e cinco ficaram feridas. Os terroristas atacaram o quartel-general do IRGC na cidade de Nik Shahr, na província de Sistão-Baluchestão.

Militares do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (CGRI) marcham durante uma parada militar em homenagem à Guerra Irã-Iraque, de 1980-1988
Militares iranianos © REUTERS / MORTEZA NIKOUBAZL

A agência Mehr informa que o grupo terrorista Jaish ul-Adl, fundado por militantes da organização sunita armada Jundallah que tem ligações à Al-Qaeda (proibida na Rússia), reivindicou a responsabilidade pelo ataque.

O Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica do Irã, criado em abril de 1979 a partir das milícias dos Comitês Revolucionários Islâmicos, apoiantes do líder xiita iraniano aiatolá Khomeini, está sob comando do líder supremo do Irã. O IRGC é composto pelo comando principal, estado-maior conjunto, forças aérea, terrestre e naval e inclui as forças especiais Quds e as forças da milícia nacional Basij.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas