Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Ataque terrorista no Irã teria deixado um militar morto e 5 feridos

Militares do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC) do Irã foram mortos durante um ataque de terroristas no sudeste do Irã, informa a agência de notícias IRNA neste sábado (2).


Sputnik

agência não especificou o número de mortos.

No entanto, segundo a Fars News uma pessoa morreu e cinco ficaram feridas. Os terroristas atacaram o quartel-general do IRGC na cidade de Nik Shahr, na província de Sistão-Baluchestão.

Militares do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (CGRI) marcham durante uma parada militar em homenagem à Guerra Irã-Iraque, de 1980-1988
Militares iranianos © REUTERS / MORTEZA NIKOUBAZL

A agência Mehr informa que o grupo terrorista Jaish ul-Adl, fundado por militantes da organização sunita armada Jundallah que tem ligações à Al-Qaeda (proibida na Rússia), reivindicou a responsabilidade pelo ataque.

O Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica do Irã, criado em abril de 1979 a partir das milícias dos Comitês Revolucionários Islâmicos, apoiantes do líder xiita iraniano aiatolá Khomeini, está sob comando do líder supremo do Irã. O IRGC é composto pelo comando principal, estado-maior conjunto, forças aérea, terrestre e naval e inclui as forças especiais Quds e as forças da milícia nacional Basij.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas