Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Chancelaria russa comenta informações sobre alegado fornecimento de sistemas S-400 ao Irã

O Irã não encomendou à Rússia os sistemas russos de defesa antiaérea S-400, declarou em entrevista à Sputnik o diretor do Departamento de Não Proliferação e Controle de Armas do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Vladimir Ermakov.


Sputnik

"Para obter a resposta a essa pergunta seria melhor se dirigir ao Ministério das Relações Exteriores da Rússia. Segundo os nossos dados, os parceiros iranianos por enquanto não fizeram pedidos quanto à venda dos sistemas S-400", anunciou Ermakov, comentando a possibilidade de intensificar as conversações entre a Rússia e o Irã nesta esfera.


Sistema de mísseis de defesa aérea S-400
S-400 Triumph © Sputnik / Vitaliy Ankov

Anteriormente, a mesma declaração fora feita pelo embaixador russo no Irã, Levan Dzhagaryan.

Entretanto, a Turquia tem a intenção firme de comprar os complexos russos de defesa antiaérea S-400, mesmo se isso significar o fim das negociações com os EUA sobre o fornecimento dos sistemas norte-americanos Patriot. Os EUA passaram meses fazendo lobby para que a Turquia abandonasse o acordo de compra dos S-400 com a Rússia.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas