Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

Colômbia tem 11 caças Kfir para enfrentar 20 Su-30 e F-16 venezuelanos

Informes indicam que a Força Aérea da Colômbia teria somente 11 caças Kfir C10 operacionais para enfrentar cerca de 20 caças Su-30 e F-16 da Venezuela, caso haja uma escalada da crise na fronteira entre os dois países.


Poder Aéreo

No final dos anos 80, o governo colombiano comprou 12 caças Kfir C2 e um Kfir TC2 de segunda mão operados pela Força Aérea de Israel (IAF), que foram recebidos entre abril de 1989 e 1990. Os aviões foram modernizados para o padrão C7, proporcionando-lhes a capacidade de reabastecimento e melhores sistemas aviônicos e armas, complementados pela compra de um Boeing 707 cisterna em novembro de 1991.

Caças Kfir C10 da Força Aérea Colombiana

As aeronaves Kfir são subordinadas ao Comando Aéreo de Combate Nº1 (CACOM 1) e foram utilizadas em missões de ataque durante as operações de contra-insurgência contra os guerrilheiros colombianos das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), embora atualmente eles não sejam mais freqüentemente usados ​​em tais operações.

Em fevereiro de 2008, o ministro da Defesa da Colômbia, Juan Manuel Santos viajou para Israel para fechar o contrato de aquisição de 13 aeronaves Kfir adicionais e a repotenciação de 11 existentes.

No final de 2009 e início de 2010 foi feita a entrega destas aeronaves, mais de metade dos quais estão no padrão modernizado Kfir C10 com os sistemas eletrônicos modernos que permitem o uso de mísseis BVR, bombas de precisão guiadas por GPS e mísseis ar-ar “all-aspect”.

Em 2012 e 2018, as aeronaves Kfir da FAC participaram do exercício internacional Red Flag nos EUA. Atualmente a Colômbia dispõe de 20 caças deste tipo, pois infelizmente acidentes ocorreram com algumas aeronaves. O IAI Kfir colombiano tem no seu armamento mísseis Rafael Python 5 e Derby, bem como a bomba Spice 1000.

Radares AESA

A Força Aérea Colombiana (FAC) confirmou em outubro de 2017 que equipou seus caças-bombardeiros IAI Kfir com radares AESA (Active Electronically Scanned Array) IAI Elta EL/M-2052. O radar tem capacidades ar-ar, ar-superfície e BVR (Beyond Visual Range) e foi incorporado à frota de IAI Kfir C10 da FAC.

Um total de nove equipamentos do tipo foi adquirido em dois lotes, e parte deles foi instalada nos jatos Kfir, que foram provados intensamente em exercícios da FAC com excelentes resultados.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas