Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

Cuba fala sobre tropas americanas no Caribe e suposta ação que mira a Venezuela

Para o governo cubano, EUA preparam aventura militar disfarçada de 'intervenção humanitária' no país.


France Presse

O governo de Cuba, que é um importante aliado do presidente Nicolás Maduro, afirmou na quarta-feira (13) que tropas dos Estados Unidos avançam pelo Caribe para preparar uma "agressão" e "aventura militar" contra a Venezuela, disfarçada de "intervenção humanitária".

Em imagem de arquivo, presidente de Cuba, Miguel Diaz-Canel, participa da cerimônia de posse de Nicolás Maduro em Caracas — Foto: Yuri Cortez/AFP
Em imagem de arquivo, presidente de Cuba, Miguel Diaz-Canel, participa da cerimônia de posse de Nicolás Maduro em Caracas — Foto: Yuri Cortez/AFP

O ministério das Relações Exteriores de Cuba citou movimentações de forças especiais dos Estados Unidos rumo a "aeroportos de Porto Rico, República Dominicana e outras ilhas do Caribe, sem o conhecimento de seus governos".

"Continua a preparação de uma agressão militar contra a Venezuela sob pretexto humanitário", afirmou no Twitter a chancelaria de Cuba.

A diplomacia cubana afirmou que os deslocamentos aconteceram entre 6 e 10 de fevereiro, em "aviões de transporte militar para o aeroporto Rafael Miranda de Porto Rico, a Base Aérea de San Isidro na República Dominicana e outras ilhas do Caribe estrategicamente localizadas".

Cuba afirma que "meios políticos e da imprensa, inclusive americanos", revelaram que "figuras extremistas" dos Estados Unidos organizam uma "tentativa de golpe de Estado na Venezuela por meio da ilegal autoproclamação de um presiddente".

O líder opositor venezuelano e presidente do Parlamento, Juan Guaidó, é reconhecido como presidente interino da Venezuela por mais de 40 países e tem forte apoio do presidente americano, Donald Trump.

Na quarta-feira, Guaidó assumiu o controle político do Citgo, filial da empresa venezuelana PDVSA nos Estados Unidos, em sua estratégia de asfixiar economicamente o governo de Maduro.

Ao mesmo tempo, um carregamento de ajuda humanitária enviado pelos Estados Unidos está desde 7 de fevereiro em um centro de coleta na cidade fronteiriça colombiana de Cúcuta, bloqueado por militares venezuelanos.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas