Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump reconhece soberania de Israel sobre Colinas de Golã

Ao lado de Netanyahu, presidente dos EUA contradiz décadas de política externa e reconhece a soberania de Israel sobre o território, ocupado em 1967 e anexado em 1981. Síria vê ataque a sua integridade territorial.
Deutsch Welle

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu formalmente nesta segunda-feira (25/03) a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã, um território disputado com a Síria e que Israel anexou em 1981.

O governo do presidente sírio, Basahr al-Assad, respondeu de imediato e afirmou que a decisão é um ataque à soberania e à integridade territorial da Síria.

O decreto de reconhecimento foi assinado no início de um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Washington. Trump justificou a medida com as "ações agressivas" do Irã e de grupos "terroristas" contra Israel.

Netanyahu disse que se trata de um dia histórico e que Trump é o melhor amigo que Israel já teve.

Em Israel, o reconhecimento pode significar um forte i…

Destróier americano com mísseis Tomahawk entra no mar Báltico

Destróier de mísseis guiados da Marinha dos EUA Gravely entrou no mar Báltico, informa portal russo Zvezda.


Sputnik

De acordo com a publicação, o navio americano passou o estreito de Grande Belt e agora está navegando ao longo da costa alemã.


Destróier dos EUA USS Gravely
USS Gravely © flickr.com/ Comandante da Marinha dos EUA na Europa e África

O destróier americano USS Gravely é o navio-almirante do Primeiro Grupo Naval Permanente da OTAN e é capaz de transportar até 56 mísseis de cruzeiro Tomahawk.

Na véspera, o destróier norte-americano USS Donald Cook entrou no porto ucraniano de Odessa. O comando da Sexta Frota da Marinha dos EUA afirmou que o navio está realizando "operações para garantir a segurança no mar".

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas