Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Encontrados destroços do 1º navio que Japão perdeu na Segunda Guerra Mundial

Os destroços do Hiei, navio de linha japonês de classe Kongo, afundado pelos EUA durante a Segunda Guerra Mundial, foram descobertos no oceano Pacífico, perto das Ilhas Salomão, de acordo com o The Japan Times.


Sputnik

A embarcação, afundada em 14 de novembro de 1942, foi encontrada pelos tripulantes do navio de investigação RV Petrel. Segundo escreveu a equipe de investigações em sua conta no Facebook, um dia antes daquela data, em 13 de novembro, o Hiei "foi atingido por um projétil" disparado pelo cruzador USS San Francisco, que "desativou o sistema de direção". 


A imagem pode conter: céu, atividades ao ar livre e água
Hiei | Reprodução

Durante as 24 horas seguintes, acrescentou a equipe, o navio foi atacado por múltiplos torpedos e bombardeiros B-17.


A imagem pode conter: noite e atividades ao ar livre
Hiei | Reprodução

"O Hiei se afundou em algum momento da madrugada, ao ter perdido 188 membros de sua tripulação. O Hiei se encontra virado para baixo a uma profundidade de mais de 900 metros ao noroeste da ilha de Savo". 


A imagem pode conter: noite e atividades ao ar livre
Hiei | Reprodução

O RV Petrel publicou também imagens dos destroços do navio afundado. Trata-se da primeira embarcação que o Japão perdeu durante a guerra, segundo a edição. Especialistas encontraram sua parte traseira, de 150 metros de largura, porém, a proa da embarcação ainda não foi encontrada.

Comentários

Postagens mais visitadas