Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Fuzileiros Navais do Brasil e dos EUA ratificam acordo de cooperação

Diálogo conversou com o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil (MB) Nélio de Almeida para conhecer detalhes dessa parceria
Por Marcos Ommati | Diálogo Américas | Poder Naval

Criar mais oportunidades de intercâmbio de conhecimento e treinamento combinado entre os Fuzileiros Navais do Brasil e dos Estados Unidos. Este é o objetivo principal de um plano de cinco anos ratificado em fevereiro de 2019 entre os representantes de ambas as forças, o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil Nélio de Almeida, comandante do Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) do Brasil e presidente nacional da Associação de Veteranos desta força, e o Contra-Almirante Michael F. Fahey III, comandante do Corpo de Fuzileiros Navais Sul dos EUA (MARFORSOUTH, em inglês). O C Alte Nélio recebeu Diálogo em seu escritório na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, para dar detalhes do acordo e conversar sobre outros temas de interesse das marinhas do Brasil e de outros países da região e dos E…

Erdogan explica o que impede a compra de sistemas americanos Patriot

Os EUA não conseguem cumprir as duas principais condições de Ancara para a compra dos sistemas de defesa antiaérea Patriot, segundo afirmou neste sábado (16) o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.


Sputnik

"A produção conjunta, a concessão de crédito e a entrega antecipada, são critérios a que atribuímos grande importância. Apesar de eles [os EUA] concordarem com entregas antecipadas, eles não conseguem garantir a concessão de crédito e a produção conjunta", afirmou Erdogan durante um encontro com jornalistas, citado pelo jornal Hurriyet.


Imagem relacionada
MIM-104 Patriot | Reprodução

O presidente reafirmou a intenção da Turquia de adquirir os sistemas de defesa antiaérea S-400, apesar da oposição dos EUA.

"Nós firmamos um contrato com a Rússia sobre os S-400. Portanto, não se pode falar de nenhum passo atrás. A questão está encerrada. Estamos trabalhando para que os S-400 sejam implantados em julho, tal como prometido", acrescentou.

Anteriormente, Washington informou ter aprovado um possível acordo com a Turquia para venda de sistemas de defesa antiaérea Patriot com o equipamento correspondente no valor de US$ 3,5 bilhões. A Turquia solicitou autorização para a compra de quatro conjuntos com vinte lançadores e 80 mísseis de intercepção.

Previamente, a Turquia rejeitou a proposta dos EUA de se descartar os S-400 em troca do fornecimento dos sistemas norte-americanos Patriot.

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia não irá abrir mão dos sistemas S-400, mesmo se conseguir comprar os Patriot, já que estes sistemas não estão relacionados entre si.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas