Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Helicóptero militar da Venezuela cai durante manobras; 5 feridos

No dia 4 de fevereiro, um helicóptero das Forças Armadas venezuelanas caiu no estado de Cojedes, deixando cinco efetivos feridos, escreve Venezuela al Dia.


Sputnik

Segundo a edição, a queda ocorreu durante exercícios militares, que estão sendo realizados no país latino-americano contra a "intervenção norte-americana". Todavia, não se sabe o motivo do acidente.


Queda de helicóptero MI 35 da Aviação das Forças Armadas venezuelanas foi registrada na última segunda-feira (4) em El Pao, no estado de Cojedes. Reportaram cinco feridos no acidente, todos com vários traumas

Imediatamente após a queda, foi prestada assistência médica às vítimas. Os militares do helicóptero foram diagnosticados com vários ferimentos na cabeça, bem como lesões no peito e no abdômen.

Agora nada ameaça suas vidas, adiciona a mídia venezuelana. As Forças Armadas da Venezuela ainda não comentaram o que aconteceu.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas