Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Irã pode estar comemorando o último aniversário de sua revolução, ameaça Netanyahu

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu alertou o Irã nesta segunda-feira que este ano pode ser a última vez que comemora o aniversário de sua Revolução islâmica se ele atacar Israel.


Sputnik

"Eu não ignoro as ameaças do regime iraniano, mas também não sou intimidado por eles", declarou Netanyahu em um comunicado divulgado por seu escritório enquanto o Irã celebrava o 40º aniversário de sua revolução.


Benjamin Netanyahu
Benjamin Netanyahu © Sputnik / Aleksei Nikolsky

"Se esse regime cometer o terrível erro de tentar destruir Tel Aviv e Haifa, não terá sucesso", acrescentou o líder israelense.

"No entanto, este seria o último aniversário da revolução que eles celebram. Eles devem levar isso em conta", ameaçou Netanyahu em uma clara advertência aos persas.

As celebrações culminaram no Irã na segunda-feira para o período de 1 a 11 de fevereiro de 1979, quando o falecido aiatolá Ruhollah Khomeini retornou do exílio e derrubou o xá pró-ocidental.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas