Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Irã pode estar comemorando o último aniversário de sua revolução, ameaça Netanyahu

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu alertou o Irã nesta segunda-feira que este ano pode ser a última vez que comemora o aniversário de sua Revolução islâmica se ele atacar Israel.


Sputnik

"Eu não ignoro as ameaças do regime iraniano, mas também não sou intimidado por eles", declarou Netanyahu em um comunicado divulgado por seu escritório enquanto o Irã celebrava o 40º aniversário de sua revolução.


Benjamin Netanyahu
Benjamin Netanyahu © Sputnik / Aleksei Nikolsky

"Se esse regime cometer o terrível erro de tentar destruir Tel Aviv e Haifa, não terá sucesso", acrescentou o líder israelense.

"No entanto, este seria o último aniversário da revolução que eles celebram. Eles devem levar isso em conta", ameaçou Netanyahu em uma clara advertência aos persas.

As celebrações culminaram no Irã na segunda-feira para o período de 1 a 11 de fevereiro de 1979, quando o falecido aiatolá Ruhollah Khomeini retornou do exílio e derrubou o xá pró-ocidental.

Comentários

Postagens mais visitadas