Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Israel inicia construção de novo muro na fronteira com Faixa de Gaza

Israel começou a construção da nova "barreira terrestre" ao longo da fronteira com a Faixa de Gaza para se defender da penetração de "terroristas" palestinos, comunicou o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu.


Sputnik

O jornal local Jerusalem Post escreve que o muro de concreto de 6 metros de altura substituirá a vedação de rede de metal, que se mostrou vulnerável durante as tentativas regulares de ruptura.


Resultado de imagem para muro faixa de gaza
Muro israelense na Faixa de Gaza | Reprodução

"No fim de semana começamos a construir a barreira terrestre ao longo da fronteira com a Faixa de Gaza. Ela impedirá os terroristas de penetrar no nosso território a partir de Gaza por via terrestre", disse Netanyahu no encontro de ministros no domingo (3).

Segundo o jornal, apenas no domingo os policiais detiveram, no lado israelense, cinco habitantes do enclave palestino. Estes fogem frequentemente para Israel em busca de trabalho.

Além disso, o ministro advertiu o movimento Hamas, que está no poder na Faixa de Gaza, de tentativas de escalação da situação na fronteira.

"Se a situação na Faixa de Gaza não se mantiver calma, nós tomaremos decisões mesmo no período pré-eleitoral e atuaremos sem demora", declarou Netanyahu.

Comentários

Postagens mais visitadas