Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã ameaça romper limite de reservas de urânio; entenda o que país pode fazer se sair de acordo nuclear

Sem regulação, país pode adotar equipamentos mais modernos e rápidos e ampliar volume de enriquecimento de material que pode ser usado em armas nucleares. Acordo foi firmado em 2015 entre Irã e mais seis países, mas Trump retirou EUA em maio de 2018.
Associated Press

O Irã anunciou que irá exceder o limite de reservas de urânio determinado pelo acordo nuclear de 2015, ampliando as tensões no Oriente Médio.

O prazo de 27 de junho dado por Teerã vem antes de outra data limite, 7 de julho, para que a Europa apresente melhores termos para que o país permaneça no acordo. Se essa segunda data passar sem nenhuma ação, o presidente iraniano Hassan Rouhani diz que a república islâmica irá provavelmente retomar o alto enriquecimento de urânio.

Veja a seguir em que situação está o programa nuclear do Irã atualmente:

O acordo nuclear

O Irã fechou um acordo nuclear em 2015 com Estados Unidos, França, Alemanha, Reino Unido, Rússia e China. O acordo, formalmente conhecido como Plano de Ação Conjunto Abran…

Israel inicia construção de novo muro na fronteira com Faixa de Gaza

Israel começou a construção da nova "barreira terrestre" ao longo da fronteira com a Faixa de Gaza para se defender da penetração de "terroristas" palestinos, comunicou o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu.


Sputnik

O jornal local Jerusalem Post escreve que o muro de concreto de 6 metros de altura substituirá a vedação de rede de metal, que se mostrou vulnerável durante as tentativas regulares de ruptura.


Resultado de imagem para muro faixa de gaza
Muro israelense na Faixa de Gaza | Reprodução

"No fim de semana começamos a construir a barreira terrestre ao longo da fronteira com a Faixa de Gaza. Ela impedirá os terroristas de penetrar no nosso território a partir de Gaza por via terrestre", disse Netanyahu no encontro de ministros no domingo (3).

Segundo o jornal, apenas no domingo os policiais detiveram, no lado israelense, cinco habitantes do enclave palestino. Estes fogem frequentemente para Israel em busca de trabalho.

Além disso, o ministro advertiu o movimento Hamas, que está no poder na Faixa de Gaza, de tentativas de escalação da situação na fronteira.

"Se a situação na Faixa de Gaza não se mantiver calma, nós tomaremos decisões mesmo no período pré-eleitoral e atuaremos sem demora", declarou Netanyahu.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas