Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Marinha dos EUA recebe novo submarino nuclear de ataque

O novo submarino comissionado pela Marinha dos EUA em cerimônia oficial realizada no sábado (2) é capaz de transportar mísseis Tomahawk de longo alcance.


Sputnik

Segundo o comunicado da Marinha norte-americana, o submarino de ataque rápido USS South Dakota (SSN 790) será "o mais moderno e sofisticado submarino de ataque do mundo".


Resultado de imagem para USS South Dakota
USS South Dakota SSN 790 | Reprodução

O submersível mede 114,8 metros de comprimento e é o 17º submarino nuclear da classe Virginia. Com um deslocamento de 7.800 toneladas, ele acomoda uma tripulação de cerca de 130 marinheiros e atinge uma velocidade de 46 quilômetros por hora. A modernização do poder de fogo do submarino inclui dois tubos de lançamento individuais, cada um equipado com seis mísseis de cruzeiro Tomahawk.

O submarino também foi dotado de um novo revestimento acústico do casco, uma série de melhorias na sala de máquinas, projetadas para reduzir o ruído, e dois novos radares ultrassônicos. Essas características acústicas visam aumentar o seu nível de furtividade.

Está prevista a construção de um total de 48 submarinos dessa classe, sendo que os 33 primeiros deverão estar concluídos até 2020.

"O USS South Dakota entra em serviço durante um período de desafios dinâmicos de segurança. Estou confiante de que o USS South Dakota e sua tripulação garantirão que nossa Marinha e nação permanecerão seguras e fortes", disse o secretário da Marinha dos EUA, Richard Spencer.

Comentários

Postagens mais visitadas