Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

Marinheiro embriagado dos EUA é preso após invadir residência no Japão para tomar banho

Um marinheiro americano foi preso no Japão, após invadir um apartamento para tomar banho.


Sputnik

O suboficial de 2ª classe, Nathaniel Williams, de 27 anos, é acusado de ter invadido uma casa na cidade de Ebina, localizada em Kanagawa. O marinheiro foi encontrado nu, já que havia tomado banho no apartamento de um casal, segundo a mídia local.


Imagem relacionada
Base naval norte-americana Atsugi, no Japão | Reprodução

Apesar do episódio, não há evidências de arrombamento, pois a porta estaria destrancada. Segundo oficiais da Marinha, Williams faz parte do Departamento de Manutenção de Aeronaves da Marinha dos EUA na base de Atsugi, sendo a maior base aérea da Marinha dos EUA no oceano Pacífico, informou o portal military.com.

O morador de 44 anos de idade escutou um ruído no banheiro, entretanto, pensou que fosse um familiar que estava tomando banho, porém, quando o marinheiro nu saiu do banheiro, o morador acordou sua mulher e acionou a polícia local.

Com a chegada da polícia, Williams foi preso por ter invadido a propriedade privada. Em declaração ao portal Stars and Stripes, as autoridades locais afirmaram que o marinheiro exalava álcool no momento da prisão.

Momentos após a prisão, Williams admitiu que estava embriagado e que não se lembrava de como havia entrado na residência. A Marinha dos EUA, por sua vez, afirmou que vai acompanhar e cooperar com a polícia local.

"Com certeza, a Marinha leva isso muito a sério e continuará cooperando totalmente com aplicação da lei local, bem como com o prosseguimento da investigação", afirmou Sam Samuelson, encarregado pelas relações públicas da base aérea dos EUA em Atsugi.

Comentários

Postagens mais visitadas