Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

Míssil guiado de alta precisão da Índia passa com sucesso por testes de tiro

O míssil antitanque indiano, denominado Nag (Cobra), pode ser lançado a partir do solo ou do ar, atingindo um alcance de 4 km e 7 km, respectivamente.


Sputnik

A Índia testou com sucesso seu míssil nacional desenvolvido para ser lançado por helicópteros. O míssil guiado antitanque foi testado na costa de Odisha, conforme informa a agência de notícias PTI. O nome HeliNa é uma fusão de HEL (helicóptero) com NA (Nag).


Imagem relacionada
Reprodução

A Organização de Desenvolvimento e Pesquisa da Defesa (DRDO) tem trabalhado no Nag desde 2009, tendo gasto aproximadamente US$ 47 milhões (R$ 174,4 milhões) para seu desenvolvimento. Os testes foram realizados com o objetivo de comprovar a capacidade de alcance do míssil.

Uma notícia citando fontes na Defesa afirma que o sistema de armas HeliNa (versão para helicóptero do Nag) foi lançado e rastreou o alvo sem qualquer problema por todo o percurso antes de atingi-lo com alta precisão. O próximo teste do míssil deve ser realizado em um curto período de tempo.

O "cobra" é guiado por sistema infravermelho operando no modo "bloqueio antes do lançamento" com um alcance entre 4 e 7 km. Com isso, o míssil antitanque indiano possui o maior alcance do mundo em mísseis desse tipo.

Os mísseis HeliNa integrarão os helicópteros militares Dhruv, que transportarão 8 mísseis em 2 lançadores quádruplos em cada lado do helicóptero, conectados a um sistema de visão térmica e telêmetro a laser.

Atualmente a Índia utiliza mísseis antitanque de fabricação americana, europeia, israelense, russa e soviética.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas