Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

No Iraque, paramilitares acusam Daesh por ataque a ônibus de peregrinos

As Forças Populares de Mobilização Paramilitares do Iraque acusaram o Daesh de ser responsável por um ataque a um ônibus que levava peregrinos ao sul da cidade de Balad.


Sputnik

No domingo (3), o ônibus que levava os peregrinos para um mausoléu Xiita em Balad foi atingido por uma explosão de uma bomba posta ao lado da estrada. Informações iniciais apontam que houve mortes entre os peregrinos do ônibus.


Militar das forças antiterroristas iraquianas perto de um graffiti mostrando o emblema do Daesh, Iraque (foto de arquivo)
Militar iraquiano em área antes dominada pelo Daesh © AP Photo / Hadi Mizban

"Nesta noite, militantes do Daesh realizaram um ataque a um ônibus que carregava peregrinos do Irã, próximo a Balad. Como resultado, ao menos 7 peregrinos iranianos ficaram feridos, ao lado de um iraquiano", disse a organização paramilitar através de um comunicado publicado ainda no domingo (3) no site oficial do grupo.

A 43ª brigada dos paramilitares tem atacado áreas da região de Balad em um movimento para capturar militantes da organização terrorista que fugiram do local da explosão logo após o ataque.

O grupo paramilitar iraquiano, também conhecido como Al-Hasd Al-Shaabi, tem dado apoio aos militares iraquianos em sua luta contra o Daesh.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas