Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

Quais armamentos russos são usados pelo exército do México?

Em 2013, país adquiriu 30 aviões russos Sukhoi Superjet 100, dos quais 22 já estão em uso. Mas Rússia exporta não apenas equipamento técnico civil, e durante décadas forneceu equipamentos militares aos mexicanos.


Maria Aleksándrova | Russia Beyond

Lançador de mísseis RPG-29, 'Vampiro'


O RPG-29 é um lançador de mísseis antitanque de origem soviética que foi entregue ao exército russo em 1989.

Segundo o jornal Rossíyskaia Gazeta, o alcance dos mísseis do "Vampiro" é de até 500 metros, e a velocidade inicial dos projéteis é de 250 m/s. As Forças Armadas mexicanas utilizam os lançadores russos durante os treinamentos e desfiles militares.

Górets-M


A Comissão Nacional de Segurança do México alugou, em 2017, veículos blindados russos Gorets-M, conhecidos localmente como "Mamut". A polícia testa os carros em áreas de alta criminalidade.
Vitali V. Kuzmín


O veículo blindado tem rodas e base reforçadas que não podem ser afetadas por armas leves e explosivos. O “Mamut” pode resistir a explosões com potência de até quilos kg do equivalente em TNT.

BTR-60

O BTR-60 é primeiro veículo blindado de transporte de tropas produzido em série na União Soviética. O México adquiriu cerca de 30 BTR-60 no final dos anos 1990, que foram ali batizados de APC-70.

Wikipedia


Os militares mexicanos usam estes veículos principalmente para o transporte de tropas durante operações de desembarque anfíbio, em missões de reconhecimento e de assistência à população civil, em caso de desastres naturais.

A versão mexicana APC-70, também conhecida como BTR-60PB-MX, pode ser equipada com diferentes tipos de armas, inclusive metralhadoras HK-21 de calibre de 7,62mm e lançadores de granadas MK-19 de calibre de 40 mm. Curiosamente, esses veículos de origem soviética participaram sob a bandeira mexicana em exercícios militares conjuntos com o exército dos Estados Unidos.

Ural-4320

Este caminhão, desenvolvido em 1978, chegou ao México em 2004. É apreciado por seu chassi, que é ideal para uso em regiões não pavimentadas e de terreno rochoso. Além disso, o Ural-4320 é o veículo confiável e fácil de consertar.


Jesus 2138 (CC BY-SA 4.0)

Além de ser veículo de transporte de tropas ou carga, o caminhão também é usado como estação de comunicações e de comando. O México adquiriu 62 unidades de Ural-4320.

Mi-17/18


O Mi-17 é um helicóptero de transporte de dois motores que pode transportar foguetes e mísseis antitanque guiados. A Força Aérea Mexicana adquiriu 24 Mi-17-1V, numeradas de 1701 a 1724, dos quais 20 permanecem em serviço.

Os Mi-17 apoiaram as tropas do exército mexicano no conflito de Chiapas e participaram de diversas operações contra o tráfico de drogas.

Mísseis antiaéreos Igla


Os 9K38 Iglá são mísseis superfície-ar portátil e guiados por infravermelho. 

Foram entregues ao exército soviético em 11 de março de 1981. São usados por 30 países, entre eles o México, que tem mais deles.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas