Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Quanto custam 'provocações russas'?

O secretário de Defesa do Reino Unido, Gavin Williamson, declarará que a Rússia deve "pagar pelas suas provocações", relata a Reuters.


Sputnik

A agência de notícias obteve alguns trechos do discurso do ministro que será proferido em Londres nesta segunda-feira (11).


Quanto custam 'provocações russas'?

Segundo o discurso, Williamson declarará que o Reino Unido deve fortalecer sua presença global, sublinhando que as fronteiras entre a paz e a guerra estão "embaçadas" e que a Grã-Bretanha e seus aliados devem estar prontos para "usar poder duro para manter nossos interesses globais".

O secretário mencionará os estreitos laços militares com os EUA e dirá que apoiará o pedido de Donald Trump aos países da OTAN para aumentar os gastos com a defesa com o objetivo de lidar melhor com o que ele chama de "provocação russa".

"Tais ações devem ter um preço alto para a Rússia", declarará Williamson.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas