Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: Brasil poderia se tornar 'vigilante' dos EUA na América Latina

O presidente norte-americano, Donald Trump, referiu a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN. O analista russo Pavel Feldman avaliou a possibilidade de entrada do Brasil na aliança, bem como que papel poderia desempenhar o Brasil no conflito na Venezuela.
Sputnik

Durante a visita oficial do presidente do Brasil Jair Bolsonaro aos EUA, foram discutidos os assuntos internacionais mais importantes, entre eles a cooperação bilateral entre os EUA e o Brasil e a situação na Venezuela.


Uma das declarações mais sensacionais foi a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN, referida pelo presidente dos EUA Donald Trump.

O vice-diretor do Instituto de Estudos Estratégicos e Prognósticos da Universidade Russa da Amizade dos Povos, Pavel Feldman, revelou em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik que os EUA são apenas um dos países da OTAN, há outros países cuja opinião deveria ser levada em conta nesse assunto.

Segundo ele, se o Brasil aderir à OTAN ele vai desempenhar o papel de vigilante d…

Rússia inicia processo de criação de armas baseadas em novos princípios físicos

A Tecnópolis Militar de Inovação em Anapa começará a trabalhar na criação de armas baseadas em novos princípios físicos e sistemas de detecção de engenhos subaquáticos, disse à Sputnik o vice-primeiro-ministro russo Yuri Borisov, que chefia a Indústria da Defesa, na quarta-feira (13).


Sputnik

Destaca-se que a Tecnópolis se focará em novos "segmentos promissores": a criação de pequenas aeronaves, armas baseadas em novos princípios físicos, plataformas militares de geoinformação, sistemas hidroacústicos para detecção de objetos e desenvolvimento de tecnologias de inteligência artificial para a indústria de defesa.


Soldado russo
Foto: Igor Zarembo

Borisov fará uma visita à Tecnópolis para participar de uma conferência sobre a cooperação entre o Ministério da Defesa da Rússia e as universidades e empresas de defesa envolvidas em pesquisas realizadas no centro de inovações tecnológicas militares de Anapa, cidade situada nas margens do mar Negro.

A ideia de criar centros militares de pesquisa científica foi proposta pela primeira vez em 2013 pelo ministro da Defesa, Sergei Shoigu, que sugeriu que inicialmente o tempo gasto por estudantes de graduação em projetos de defesa poderia contar para o serviço militar obrigatório de um ano.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas