Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Brasil vai modernizar sistemas de combate de três fragatas

O Jane’s noticiou que a Marinha do Brasil melhorará significativamente a capacidade de comando e controle de três de suas seis fragatas Mk.10 da classe “Niterói” como parte do projeto estratégico de recuperação da capacidade operacional plena.


Poder Naval

A empresa privada local CONSUB Defesa e Tecnologia modernizará o sistema de gerenciamento de combate SICONTA MK II (CMS) para a versão SICONTA MK II Mod 1 até 6 de dezembro de 2021, por meio de atualizações de software e hardware.

Displays do SICONTA no Centro de Operações de Combate (COC) da fragata Niterói

O Comando de Operações Navais (ComOpNav) está na fase final de seleção dos navios que terão seu CMS atualizado, informou a Marinha ao Jane’s.

O projeto também incluirá atualizações para os SICONTA MK II instalados no Centro de Treinamento Almirante Marques de Leão (CAAML) e no Laboratório de Manutenção de Software (LMS).

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas