Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

Mulheres são maioria entre novos alunos do Curso de Formação de Sargentos de Juiz de Fora

O Curso de Formação de Sargentos em Juiz de Fora apresentou um aumento significativo de mulheres em busca da carreira militar. A Sputnik Brasil conversou com o Centro de Comunicação Social do Exército sobre a presença feminina nos serviços militares.


Sputnik

86 alunos de todo o Brasil, sendo 54 mulheres, iniciaram neste mês o Curso de Formação de Sargentos do 4.° Grupo de Artilharia de Campanha Leve, em Juiz de Fora, MG. 


Desfile cívico-militar do 7 de setembro na Avenida Presidente Vargas, centro do Rio de Janeiro
Militares brasileiras | Fernando Frazão/ Agência Brasil

O Centro de Comunicação Social do Exército, em nota à Sputnik Brasil, comentou que as tarefas executadas pelas mulheres no Curso de Formação de Sargentos não têm distinção das atividades dos homens.

"Atualmente no universo das praças [sargentos], as mulheres podem ingressar como militares de carreira ou temporárias. Como militares temporárias, de acordo com a necessidade de cada Região Militar, o ingresso pode ser nas diversas áreas previstas na Portaria 171-DGP, de 8 de julho de 2009, que aprova as áreas e Habilitações Técnicas de Interesse do Exército destinadas a Oficiais e Sargentos do Serviço Técnico Temporário", informou o Exército.

Assim, a instituição afirma que "em qualquer das situações de ingresso as tarefas executadas são as mesmas dos homens, de acordo com a formação ou habilitação técnica, não havendo distinção de gênero".

O Centro de Comunicação Social do Exército observou também que as mulheres ocupam cargos de chefia na unidade.

"Geralmente em setores administrativos, de saúde, jurídico, de tecnologia da informação e outros, cabendo ressaltar que a chefia é prerrogativa dos militares do segmento feminino que ingressaram como oficiais", diz a nota.

De acordo com os dados fornecidos pelo Exército, houve um crescimento significativo da participação feminina no efetivo nos últimos anos. O número de mulheres praticamente dobrou nos últimos 10 anos. Em 2008, o número de mulheres no efetivo total (oficiais e praças) era de 5.529, aumentando para 10.978 em 2018.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas