Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

ONU condena ataque que matou pelo menos 134 pessoas no Mali

Conselho de Segurança e secretário-geral pediram que o caso fosse investigado e os autores da violência fossem levados à justiça; região de Mopti tem sido palco de violência letal desde o começo do ano.


ONU

O Conselho de Segurança e o secretário-geral das Nações Unidas condenaram de forma veemente o ataque armado a uma vila no centro do Mali, que deixou pelo menos 134 mortos e dezenas de feridos no sábado.

Delegação do Conselho de Segurança no Mali | Minusma/Harandane Dicko

Falando aos jornalistas como presidente do Conselho, o embaixador da França junto da ONU, François Delattre, condenou "nos termos mais fortes este ataque indescritível.”

Ataque

Uma delegação do Conselho está no país desde o final da semana passada, como parte de uma missão na região do Sahel. A viagem termina este domingo no Burkina Faso.

Localizada na região central de Mopti, a vila de Ogossou-Peulh foi atacada na manhã de sábado, supostamente por homens armados vestidos como caçadores tradicionais.

Chamando o ataque de um ato de "barbaridade indescritível", o embaixador da Costa do Marfim na ONU, Kakou Houadja Leon Adom, expressou condolências às famílias das vítimas, como bem como ao povo e ao governo do país.

Enquanto isso, um porta-voz do secretário-geral disse que António Guterres ficou "chocado e indignado" com os relatos de que pelo menos 134 civis, incluindo mulheres e crianças, foram mortos e pelo menos 55 ficaram feridos no ataque.

O chefe da ONU pediu às autoridades do Mali que investigassem o caso e rapidamente levassem os seus autores à justiça.

António Guterres também pediu que as autoridades “redobrem os esforços para trazer de volta a paz e a estabilidade para o centro de Mali.”

Missão

Em uma nota separada, o chefe da missão integrada da ONU, Minusma, pediu o fim da espiral de violência e informou que uma força de resposta rápida tinha sido enviada para o local. A missão também estava trabalhando para garantir que os feridos fossem evacuados para a cidade próxima de Sévaré.

Mahamat Saleh Annadif disse que "esta tragédia indescritível” infelizmente “lembra que os desafios [no centro de Mali] são muitos." 

Violência

A região de Mopti tem sido palco de violência letal desde o começo do ano.

No domingo passado, o acampamento das Forças Armadas do Mali na aldeia de Dioura sofreu um ataque no qual vários dos seus soldados foram mortos. Em 26 de fevereiro, 10 pessoas da comunidade Dogon foram mortas em um ataque à aldeia de Gondogourou. Além disso, a 1 de janeiro, 37 pessoas foram executadas na aldeia Fulani de Kulogon por elementos armados não identificados.

Falando aos jornalistas, o embaixador Delattre recordou que a questão do centro de Mali faz parte do mandato da operação de paz da ONU. Segundo ele, "a Minusma deve apoiar o Estado do Mali através da proteção de civis."

Ar-condicionado Split Gree 9.000 BTUs Frio - Eco Garden GWC09QA-D3NNB4D

Ar-condicionado Split Gree 9.000 BTUs Frio - Eco Garden GWC09QA-D3NNB4D 220V

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas