Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Pentágono vai investigar chefe do Departamento de Defesa dos EUA por suposto favorecimento à Boeing

Investigação ocorre em meio a crise na Boeing após segunda queda de aeronave modelo 737 MAX 8 em cinco meses.


Por G1

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos vai investigar o próprio chefe, Patrick Shanahan – que está na função interinamente –, por supostamente ter favorecido a fabricante de aviões Boeing no exercício do cargo.

Chefe do Pentágono, Patrick Shanahan, em foto de arquivo — Foto: François Walschaerts/AFP
Chefe do Pentágono, Patrick Shanahan, em foto de arquivo — Foto: François Walschaerts/AFP

O Pentágono vai investigar se Shanahan privilegiou a Boeing sobre outras montadoras norte-americanas em conversas com servidores do órgão. Segundo a agência Reuters, ele trabalhou na empresa por mais de 30 anos, e inclusive presidiu o braço militar da fabricante.

"Shanahan supostamente elogiou a Boeing nas discussões sobre contratos, dizendo que a Boeing poderia ter feito muito melhor do que sua concorrente, a Lockheed Martin", disse a ONG Cidadãos por Responsabilidade e Ética em Washington, que denunciou o chefe do Pentágono.

Por enquanto, não há nenhum indício de que essa investigação esteja relacionada com a queda de dois aviões da Boeing em cerca de cinco meses. Aeronaves do modelo 737 MAX estão impedidas de decolar após inspetores encontrarem semelhanças entre o acidente do voo da Ethiopian Airlines, em 10 de março, com o desastre da Lion Air, em outubro de 2018. Os dois equipamentos eram idênticos.

Segundo a agência France Presse, o porta-voz do Pentágono, Tom Crosson, disse em comunicado que Shanahan "elogiou" a investigação.

"O secretário interino, Shanahan, estava comprometido em todos os momentos em cumprir seu acordo ético", acrescentou.
Investigação criminal

A investigação, anunciada nesta quarta-feira (20), vem ao mesmo tempo que outros órgãos do governo norte-americano iniciam inquéritos criminais para apurar falhas na liberação do Boeing 737 MAX. Duas aeronaves do modelo caíram em cerca de cinco meses, o que levantou suspeitas sobre os procedimentos de segurança da montagem dos equipamentos.

Segundo a emissora CNN, o Departamento de Justiça já iniciou as intimações para a investigação criminal que vai apontar responsabilidade na queda dos aviões na Indonésia e na Etiópia. Os promotores querem saber como e por que o Boeing 737 MAX foi declarado seguro pela Autoridade Federal de Aviação norte-americana (FAA, na sigla em inglês) e pela própria fabricante.

O Departamento de Transportes dos Estados Unidos também vaiinvestigar o processo da FAA que aprovou o Boeing 737 MAX 8 para voos no país. No centro das investigações está o MCAS – sigla em inglês para Sistema de Aumento de Características de Manobra. A Boeing desenvolveu esse mecanismo especificamente para o 737 MAX 8 e para o 737 MAX 9.

Ao detectar perda de sustentação por causa de subida em ângulo muito vertical e sem velocidade, o sistema automaticamente move o estabilizador para puxar o nariz do avião para baixo. É uma forma de o MCAS evitar a estolagem – ou seja, quando o avião fica sem sustentação e cai. No caso da Indonésia, os investigadores descobriram que o MCAS começou a funcionar quando não deveria.

Ar-condicionado Split Gree 9.000 BTUs Frio - Eco Garden GWC09QA-D3NNB4D
Ar-condicionado Split Gree 9.000 BTUs Frio - Eco Garden GWC09QA-D3NNB4D 220V

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas