Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Pescadores indonésios capturam drone militar da China

Pescadores da ilha de Bintan, na Indonésia, capturaram no mar do Sul da China um drone submarino similar ao aparelho chinês Haiyi-7000, que pertence à Marinha chinesa.


Sputnik

Fotos da embarcação que foi apanhada na rede dos pescadores foram divulgadas na Internet.

Planador subaquático Haiyi-7000 capturado pelos pescadores indonésios. Foto de dambiev.livejournal.com

O drone de dois metros de comprimento e com pequenas asas foi transportado à costa e entregue a representantes da polícia indonésia, segundo e edição local Kompas.com.

O veículo submersível não tripulado chinês (AUV, sigla em inglês) Haiyi-7000 foi desenvolvido pelo Instituto de Automação de Shenyang para a Marinha do Exército Popular de Libertação da China. O aparelho foi criado para missões de investigação do leito marinho e monitoramento de áreas para detectar a intrusão de submarinos do adversário. Em um mês, o drone é capaz de percorrer até 1.000 km.

Durante os testes em 2017, o drone chinês imergiu no Challenger Deep, o ponto mais profundo da Trincheira das Marianas. Na ocasião, o Haiyi-7000 bateu o recorde do robô subaquático americano Seaglider — 6,3 km.

Em agosto do mesmo ano, o Exército Popular de Libertação da China lançou no mar do Sul da China para patrulhamento experimental 12 aparelhos desse tipo. É provável que o drone capturado perto de Bintan "tenha se afastado do cardume" por ter se acidentado.

Barco Inflável Fischmann 350 com Remos e inflador MOR

Barco Inflável Fischmann 350 com Remos e inflador MOR

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas