Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump reconhece soberania de Israel sobre Colinas de Golã

Ao lado de Netanyahu, presidente dos EUA contradiz décadas de política externa e reconhece a soberania de Israel sobre o território, ocupado em 1967 e anexado em 1981. Síria vê ataque a sua integridade territorial.
Deutsch Welle

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu formalmente nesta segunda-feira (25/03) a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã, um território disputado com a Síria e que Israel anexou em 1981.

O governo do presidente sírio, Basahr al-Assad, respondeu de imediato e afirmou que a decisão é um ataque à soberania e à integridade territorial da Síria.

O decreto de reconhecimento foi assinado no início de um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Washington. Trump justificou a medida com as "ações agressivas" do Irã e de grupos "terroristas" contra Israel.

Netanyahu disse que se trata de um dia histórico e que Trump é o melhor amigo que Israel já teve.

Em Israel, o reconhecimento pode significar um forte i…

Resgate da fragata KNM Helge Ingstad custou até agora US$ 75 milhões

A fragata KNM Helge Ingstad da Marinha Norueguesa está de volta à base e à doca seca após mais de 4 meses debaixo d’água. Até agora, o esforço para tirá-la da água e levá-la para a base em doca seca custou 75 milhões de dólares.


Poder Naval

A Marinha diz que quer que o navio volte a flutuar dentro de 5 a 6 semanas. Para isso, foi encomendado aço pré-fabricado para reparo do casco. No entanto, ainda há dúvidas se ela poderá realmente ser salva.



O casco será verificado para saber se a fragata teve a quilha torcida durante a colisão ou não.

Os motores e uma grande quantidade de equipamentos precisam ser testados e possivelmente substituídos. Até agora foram removidos cerca de 1.400 componentes do navio.

Estima-se que em 2 meses terão uma resposta sobre o destino do navio.

A fragata da Marinha Real Norueguesa KNM Helge Ingstad ficou quase completamente submersa após uma colisão com o petroleiro Sola TS no fiorde de Hjeltefjorden, em 8 de novembro.

O resgate foi feito em cooperação com a empresa de salvamento BOA e a Semco Maritime.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas