Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Síria pede que ONU realize reunião de emergência sobre Colinas de Golã

A Síria pediu uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) nas colinas de Golã, depois que os Estados Unidos decidiram reconhecer a soberania de Israel naquele território.


Sputnik

Segundo a agência de notícias AFP, a França, que preside o Conselho de Segurança em março deste ano, deve marcar uma data para realizar essa reunião.

Resultado de imagem para conselho de segurança da onu
Conselho de Segurança da ONU | Reprodução

O documento, que tem sido amplamente considerado como uma forma de impulsionar a tentativa de reeleição de Netanyahu antes das eleições parlamentares de 9 de abril em Israel, já foi condenado pelo Irã, Rússia, Síria, Turquia e outros países.

Importantes aliados dos EUA, como a França, a Alemanha e o Reino Unido, também se recusaram a apoiar a reviravolta do país em sua política para o Golã, uma vez que vai contra uma resolução do Conselho de Segurança da ONU.

As Colinas de Golã foram ocupadas por Israel durante a Guerra dos Seis Dias em 1967. Quatorze anos depois, o parlamento israelense proclamou unilateralmente a soberania sobre o território. Em 17 de dezembro de 1981, o Conselho de Segurança da ONU declarou as ações de Israel como "nulas e sem efeito legal internacional".

Em 2018, a Assembleia Geral da ONU adotou uma resolução recomendando Israel a retirar imediatamente suas tropas depois que o país organizou eleições locais em 30 de outubro.

Smart TV 4K LED 50” LG 50UK6520 Wi-Fi HDR - Inteligência Artificial Conversor Digital 4 HDMI

Smart TV 4K LED 50” LG 50UK6520 Wi-Fi HDR - Inteligência Artificial Conversor Digital 4 HDMI

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas