Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Síria pede que ONU realize reunião de emergência sobre Colinas de Golã

A Síria pediu uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) nas colinas de Golã, depois que os Estados Unidos decidiram reconhecer a soberania de Israel naquele território.


Sputnik

Segundo a agência de notícias AFP, a França, que preside o Conselho de Segurança em março deste ano, deve marcar uma data para realizar essa reunião.

Resultado de imagem para conselho de segurança da onu
Conselho de Segurança da ONU | Reprodução

O documento, que tem sido amplamente considerado como uma forma de impulsionar a tentativa de reeleição de Netanyahu antes das eleições parlamentares de 9 de abril em Israel, já foi condenado pelo Irã, Rússia, Síria, Turquia e outros países.

Importantes aliados dos EUA, como a França, a Alemanha e o Reino Unido, também se recusaram a apoiar a reviravolta do país em sua política para o Golã, uma vez que vai contra uma resolução do Conselho de Segurança da ONU.

As Colinas de Golã foram ocupadas por Israel durante a Guerra dos Seis Dias em 1967. Quatorze anos depois, o parlamento israelense proclamou unilateralmente a soberania sobre o território. Em 17 de dezembro de 1981, o Conselho de Segurança da ONU declarou as ações de Israel como "nulas e sem efeito legal internacional".

Em 2018, a Assembleia Geral da ONU adotou uma resolução recomendando Israel a retirar imediatamente suas tropas depois que o país organizou eleições locais em 30 de outubro.

Smart TV 4K LED 50” LG 50UK6520 Wi-Fi HDR - Inteligência Artificial Conversor Digital 4 HDMI

Smart TV 4K LED 50” LG 50UK6520 Wi-Fi HDR - Inteligência Artificial Conversor Digital 4 HDMI

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas