Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares revelam como suas vidas foram destruídas pelo Exército dos EUA

O Twitter oficial do Exército dos EUA realizou uma pesquisa para averiguar como o serviço impactou a vida de seus militares.
Sputnik

Atualmente, mais de 9.000 pessoas já compartilharam suas opiniões. Apesar de constatarem que o serviço no Exército fortalece fisicamente e emocionalmente as pessoas, dando algum sentido às suas vidas e abrindo perspectivas profissionais, há muitos outros comentários com declarações céticas e críticas sobre a influência do Exército dos EUA no mundo, no país e na sua vida pessoal.

Várias pessoas compartilharam histórias de seus familiares que cometeram suicídio, sofreram de transtorno por estresse pós-traumático, passaram por mudanças radicais de caráter e comportamento ou deixaram de ser saudáveis depois de participarem em ações militares dos EUA.

Além disso, há aqueles cujos familiares ou eles próprios foram abusados durante o serviço.

Outros usuários recordaram que os horrores da guerra deixam cicatrizes na mente.

Diversos outros usuários da rede social compa…

Turquia se nega a revender sistema antiaéreo russo S-400

A Turquia não pretende revender o sistema antiaereo russo S-400, garantiu Ömer Çelik, porta-voz do Partido de Justiça e Desenvolvimento. Estados Unidos pressiona Ancara para se desfazer dos equipamentos.


Sputnik

"Esses sistemas são feitos na Rússia. Estamos comprando-os e não pretendemos revendê-los para outro país. Pagamos por dois S-400 e estamos aguardando a entrega deles em julho", disse ele.


Sistema de defesa antiaérea S-400
S-400 Triumph © Sputnik / Grigory Sysoev

O desejo de comprar sistemas russos S-400 levou a um agravamento das relações EUA-Turquia. Washington teme que o sistema exponha os pontos fracos do F-35 e que seja incompatível com as defesas da OTAN. Os EUA pediram a Ancara que desistisse do contrato, oferecendo sistemas Patriot e ameaçando interromper a entrega dos caças.

A Turquia ignorou as ameaças de Washington e afirmou que o S-400 não representa uma ameaça aos F-35, pois será operado pelos militares turcos. Ancara teria se oferecido para permitir que Washington estudasse os sistemas russos quando eles fossem entregues, mas a informação foi oficialmente negada pelo ministro da Defesa turco, Hulusi Akar.

Mais cedo, o Departamento de Defesa dos EUA ameaçou que, se a Turquia adquirisse sistemas russos S-400, Washington seria forçado a cortar seu relacionamento militar com Ancara e não entregar F-35s e Patriots. Ao mesmo tempo, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, reafirmou o compromisso de seu país com o acordo pelos S-400 com a Rússia, acrescentando que a aquisição dos sistemas avançados S-500 também está na mesa.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas