Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

EUA retiram contingente da Líbia por motivos de segurança (VÍDEO)

O Comando dos EUA para a África (AFRICOM) transferiu temporariamente o contingente na Líbia devido a questões de segurança.


Sputnik

"O contingente das Forças Armadas dos EUA, que apoia o AFRICOM, é transferido temporariamente da Líbia devido à deterioração das condições de segurança na área", lê-se na conta oficial do comando.


Militares dos EUA abandonando a Líbia, 7 de abril de 2019
Militares dos EUA abandonando a Líbia © AP Photo / Mohammed Omar Aburas

"Continuaremos acompanhando a situação no terreno e avaliando a viabilidade de retomar a presença militar dos EUA, de acordo com as circunstâncias", indica o comando.

De acordo com o chefe do comando, Thomas Waldhauser, a decisão está relacionada com o fato de a situação na Líbia ter ficado cada vez mais "complexa e imprevisível".

Na semana passada, o Exército Nacional da Líbia (LNA), comandado pelo marechal Khalifa Haftar, iniciou uma ofensiva rumo a Trípoli para a "libertar dos terroristas".

Segundo fontes da Sputnik no LNA, o exército tomou o controle sem entrar em combates sobre várias regiões a sudoeste de Trípoli, bem como sobre o aeroporto internacional e a cidade de Sorman, ao sul da capital.

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, disse que os EUA exigem que as forças do LNA parem imediatamente a ofensiva contra a cidade de Trípoli.



Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas