Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

EUA suspendem entregas de caças F-35 à Turquia devido à compra dos S-400 russos

Os EUA suspenderam a entrega de caças furtivos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de comprar sistemas de defesa antiaérea russos S-400, informou o Pentágono.


Sputnik

“Nosso diálogo sobre este importante assunto continua, entretanto, até que ela [a Turquia] renuncie à entrega dos S-400, as entregas e atividades associadas com o reforço da capacidade operacional dos caças F-35 da Turquia estão suspensos. Se a Turquia adquirir os S-400, sua participação continuada no programa F-35 está em risco”, disse o porta-voz do Pentágono, Charles Summers.

Caça F-35 da Força Aérea dos Estados Unidos, foto de arquivo
F-35 Lightning II © AP Photo / Rick Bowmer

O representante do Pentágono declarou que o Departamento de Defesa dos EUA está procurando novas fontes para substituir as peças de aviões F-35 fabricadas na Turquia depois que Washington suspendeu as atividades associadas à capacidade operacional dos F-35 na Turquia.

"Os EUA deixaram claro que a aquisição dos S-400 pela Turquia é inaceitável. Portanto, o Departamento de Defesa iniciou as etapas necessárias para garantir o planejamento prudente do programa e a resiliência da cadeia de suprimentos dos F-35. Estão sendo desenvolvidas fontes secundárias de fornecimento das peças produzidas na Turquia", disse ele.

Anteriormente, senadores dos EUA apresentaram um projeto de lei pedindo a proibição da transferência de 100 aviões F-35, previamente acordados com a Turquia, a menos que Ancara garanta que não comprará armas à Rússia. A entrega dos aviões fabricados nos EUA já fora efetivamente bloqueada pelo Senado no ano passado.

Enquanto isso, a liderança turca tem defendido fortemente seu direito de comprar armas a quem queira e reafirmou repetidamente que manterá o contrato com os russos acerca dos S-400.

Notebook Dell Inspiron 15 i15-3576-A70 - Intel Core i7 8GB 2TB 15,6” Placa de Vídeo 2GB

Notebook Dell Inspiron 15 i15-3576-A70 - Intel Core i7 8GB 2TB 15,6” Placa de Vídeo 2GB

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas