Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Exército dos EUA vai se livrar de todos os seus helicópteros Black Hawk UH-60A até 2024

Oficiais generais do Exército dos EUA (US Army) disseram ao Subcomitê de Serviços Armados do Senado em 2 de abril que o Serviço vai alienar seus helicópteros UH-60A (Alpha) até 2024.


Forças Terrestres

Em resposta a uma pergunta do senador Richard Blumenthal, o tenente-general Paul Ostrowski, diretor militar principal do secretário assistente do Exército e diretor do Corpo de Aquisições do Exército, disse que o Exército dos EUA planeja se livrar de todas os seus UH-60 modelo A Black Hawks da Guarda Nacional no ano fiscal de 2022 e da força ativa em 2024.

Sikorsky UH-60A Black Hawk
Sikorsky UH-60A Black Hawk

Durante uma audiência no Comitê de Serviços Armados do Senado, o tenente-general Paul Ostrowski também acrescentou que, até 2024, todos os helicópteros modelo Alpha estarão fora das forças ativas também.

O primeiro UH-60A foi aceito pelo US Army em 1978 e entrou em serviço em 1979, quando foi entregue aos componentes de aviação da 101ª e 82ª Divisão Aerotransportada.

O modelo Alpha do Black Hawk tem sido o helicóptero utilitário da linha de frente do Exército dos EUA há 40 anos.

Desde então, o Black Hawk acumulou mais de 9 milhões de horas totais de frota e apoiou soldados em todas as principais operações de contingência executadas pelo Exército, incluindo Granada, Panamá, Iraque, Somália, os Bálcãs, Afeganistão e todo o Oriente Médio.

Hoje, o UH-60 Black Hawk compõe a maior frota de asa rotativa do US Army, com mais de 2.100 aeronaves no inventário atual. Como a produção do modelo H-60M mais atual continua, ao longo dos próximos anos, o Exército irá alienar suas aeronaves UH-60A e L remanescentes, para serem substituídas por 760 UH-60Vs.

“No futuro, a intenção é também converter todas as aeronaves Lima em modelos Victor”, disse Ostrowski. “Entre Mikes e Victors, na década de 2030, teremos feito a transição tanto da ativa quanto da Guarda Nacional para os modelos Victor ou Mike dentro do nosso Exército.”

FONTE: Defence Blog

Helicóptero Sky Cop - Cardoso

Helicóptero Sky Cop - Cardoso

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas