Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Hezbollah diz ter 'cartas na manga' após jogada dos EUA contra Guarda Revolucionária

A declaração do movimento xiita libanês sucede decisão norte-americana de classificar o Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês) como terrorista. Trata-se da primeira vez que os EUA incluem tropas de outro país na lista negra.


Sputnik

Comandante do Hezbollah, Hassan Nasrallah, não aceitou a decisão norte-americana de designar o Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica como organização terrorista. Ele se referiu aos Estados Unidos como principal fonte patrocinadora do terrorismo mundial.

Parada do Hezbollah durante uma cerimônia de homenagem a militantes mortos, no Líbano, em 18 de fevereiro de 2017.
© AP Photo / Mohammed Zaatari

"Os Estados Unidos ultrapassaram imprudentemente todos os limites ao designarem IRGC como organização terrorista. A força [do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica] tem feito um grande sacrifício para resistir à hegemonia dos EUA e de Israel na região. Nós condenamos a decisão norte-americana e expressamos nosso suporte aos nossos amigos do IRGC", declarou Nasrallah na quarta-feira (10), citado pelo canal de televisão Press TV.

Para o comandante do Hezbollah, a jogada dos Estados Unidos foi uma concessão ao premiê israelense, Benjamin Netanyahu, às vésperas das eleições na nação judaica.

"Colocar o IRGC e o Hezbollah na lista negra é prova de nossa força, e não de fraqueza. É nosso direito fundamental, além do dever humanitário e moral, enfrentar todos que nos ameaçam. A frente de resistência tem muitas cartas na manga para responder às sanções e medidas dos EUA", acrescentou o líder do movimento xiita libanês.

Em resposta à decisão dos EUA, o Conselho Supremo de Segurança Nacional do Irã acusou o governo norte-americano de apoiar terroristas e passou a reconhecer o Comando Central dos EUA (CENTCOM, na sigla em inglês) como organização terrorista.

Cartucho de Tinta HP Preto 662 Original P/ - HP 2516 3516 3546 2546 1516 4646 2646

Cartucho de Tinta HP Preto 662 Original P/ - HP 2516 3516 3546 2546 1516 4646 2646

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas