Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

LAAD 2019: Saab apresenta o sistema RBS 70 NG

Entre os dias 02 e 05 de abril, a Saab participa da LAAD International Defence and Security, no Rio de Janeiro. Durante o evento, a empresa apresentou suas principais soluções para as Forças Armadas. Entre os destaques esteve o Sistema de Baixa Altura Telecomandado RBS 70 NG, versão recém-adquirida pelo Exército Brasileiro. O encontro contou com a participação do General de Brigada Alexandre De Almeida Porto, Comandante da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea.


Forças Terrestres

Durante a LAAD, o diretor de vendas da Saab do Brasil, Virgilio da Veiga Junior, apresentou as principais características e vantagens do RBS 70 NG, destacando, também, seus avanços tecnológicos, a integração a Sistemas de Controle e Alerta e a importância do uso do simulador para o adestramento dos atiradores. O RBS 70 NG oferece capacidade operacional diurna/noturna, guiamento a laser imune a interferências e a função ‘acompanhamento automático do alvo’, que aumenta a precisão do engajamento. O Sistema tem alcance de interceptação de mais de nove quilômetros, isso significa que, em alguns casos, o operador pode disparar quando o alvo estiver a cerca de 15 quilômetros.


RBS 70 NG

”A possibilidade de neutralizar ameaças em espaços aéreos congestionados, faz com que o RBS 70 NG aumente significativamente a segurança das pessoas presentes em megaeventos, por exemplo. O Sistema também é totalmente adequado ao uso na defesa de áreas civis e militares de alto valor, bem como em instalações de infraestrutura estratégica, tais como usinas de energia e centros de comunicação” detalhou Virgilio, durante sua apresentação à jornalistas e integrantes do Exército Brasileiro.

O recurso de rastreamento baseada em análise de vídeo aumenta o nível de precisão do Sistema, que já é alto, reduz a carga de trabalho e a pressão sobre o operador, que continua no controle e pode, sempre que desejar, anular o rastreador e corrigir o ponto de mira. É possível também alterar o alvo ou tornar o controle totalmente manual e realizar o ajuste fino da mira por meio do joystick. Isso aumenta a facilidade no uso e a precisão.

Outros recursos integrados do Sistema são o de Identificação Amigo ou Inimigo (Friend-or-Foe) e de rastreamento ótico do alvo até a interceptação, fazendo com que o operador do sistema RBS 70 NG esteja no comando do que o míssil atinge ou não atinge, reduzindo o risco de fogo amigo e aumentando a probabilidade de destruição do alvo. Além disso, o posto de tiro está mais leve, passando de 55 para 25 quilos já com o visor termal embutido, facilitando no deslocamento e manuseio da solução.

Desde 2014, o Exército Brasileiro conta com o RBS 70. A solução desempenhou papéis de destaque em 2016, ao integrar a defesa antiaérea do Rio de Janeiro durante as Olimpíadas e as Paraolimpíadas, e em 2019, em Brasília, na cerimônia de posse do Presidente Jair Bolsonaro.

“O Exército Brasileiro é um parceiro muito importante para a Saab. Para nós, é uma grande satisfação fazer parte da transformação da Força, oferecendo um moderno sistema de defesa antiaérea”, disse o Virgilio da Veiga. “O RBS 70 NG agrega tecnologia no estado-da-arte e proporciona mais autonomia com o visor termal BORC já integrado ao aparelho de pontaria, particularmente nas operações noturnas”, complementou.

”Para nós, da Brigada Antiaérea, a aquisição do RBS 70 NG foi um avanço. Tivemos um ganho de capacidade operacional, uma vez que passamos a utilizar um míssil capaz de ser guiado por um faixo de laser. Isso nos proporcionou a possibilidade de utilizar o míssil em áreas urbanas. Além disso, a nova geração do sistema nos permite um deslocamento imediato, facilidade no transporte e rápida instalação” disse o General de Brigada Alexandre De Almeida Porto.

DIVULGAÇÃO: MSLGROUP/Publicis Consultants

Smart TV 4K LED 50” LG 50UK6520 Wi-Fi HDR - Inteligência Artificial Conversor Digital 4 HDMI

Smart TV 4K LED 50” LG 50UK6520 Wi-Fi HDR - Inteligência Artificial Conversor Digital 4 HDMI

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas