Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Fuzileiros Navais do Brasil e dos EUA ratificam acordo de cooperação

Diálogo conversou com o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil (MB) Nélio de Almeida para conhecer detalhes dessa parceria
Por Marcos Ommati | Diálogo Américas | Poder Naval

Criar mais oportunidades de intercâmbio de conhecimento e treinamento combinado entre os Fuzileiros Navais do Brasil e dos Estados Unidos. Este é o objetivo principal de um plano de cinco anos ratificado em fevereiro de 2019 entre os representantes de ambas as forças, o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil Nélio de Almeida, comandante do Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) do Brasil e presidente nacional da Associação de Veteranos desta força, e o Contra-Almirante Michael F. Fahey III, comandante do Corpo de Fuzileiros Navais Sul dos EUA (MARFORSOUTH, em inglês). O C Alte Nélio recebeu Diálogo em seu escritório na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, para dar detalhes do acordo e conversar sobre outros temas de interesse das marinhas do Brasil e de outros países da região e dos E…

Ministro turco: sistemas S-400 russos não representam ameaça para caças F-35

Os sistemas russos de defesa antiaérea S-400 adquiridos pela Turquia não representam ameaça para os caças F-35 americanos, disse o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.


Sputnik

De acordo com o ministro, a Turquia precisa de receber sistemas de defesa antiaérea imediatamente, e por muito tempo não conseguiu obtê-los de seus aliados. Além disso, ele adicionou que os S-400 na Turquia ficarão sob o controle total de Ancara.

Sistemas S-400 da Rússia (foto do arquivo)
S-400 Triumph © Sputnik / Sergey Malgavko

"Há 10 anos que não conseguíamos obter tais sistemas dos nossos aliados, agora recebemos os S-400 da Rússia. Nos EUA, dizem que os S-400 aumentarão a vulnerabilidade dos F-35. Achamos que não, mas os especialistas que digam a sua palavra. Sugerimos a criação de uma comissão conjunta se eles estão tão preocupados. Mas a resposta dos EUA ainda não veio", disse Cavusoglu aos repórteres.

Mevlut Cavusoglu lembrou que aviões dos EUA voam com frequência na Síria e na Noruega, perto da fronteira com a Rússia, onde há sistemas S-400 e os EUA não parecem preocupados com isso.

"É por esta causa que não vemos um grande problema e nenhuma razão para nos preocuparmos. Mas, mais uma vez, se isso é um problema para eles, vamos discuti-lo. Nossos aliados da OTAN devem entender que precisamos de sistemas de defesa antiaérea com muita urgência, e, se não os recebermos de nossos aliados, então os receberemos de onde pudermos", disse o ministro turco.

Mevlut Cavusoglu acrescentou que Ancara continua negociando com os seus aliados da OTAN a compra de sistemas de defesa antiaérea. Anteriormente, a Turquia afirmou que não revisaria seus planos de comprar os S-400 russos e que o primeiro lote destes sistemas deveria chegar ao país em julho.

Os EUA afirmam que os sistemas S-400 são incompatíveis com os padrões da OTAN, ameaçam com sanções por sua possível aquisição e têm declarado repetidamente que podem cancelar a venda dos caças F-35 para a Turquia. A Turquia é um dos participantes do programa internacional F-35 dos EUA.

Kindle 8ª Geração Amazon Tela 6” 4GB Wi-Fi - Preto

Kindle 8ª Geração Amazon Tela 6” 4GB Wi-Fi - Preto Preto

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas