Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

'Monstro' polivalente: National Interest avalia versão modernizada do caça MiG-29 russo

O analista militar Mark Episkopos avalia as capacidades dos caças russos MiG-29, chamando-os de "monstros" por poderem realizar um vasto leque de tarefas.


Sputnik

Em seu artigo para a revista The National Interest, o analista militar Mark Episkopos sublinha que os MiG-29 podem realizar um vasto leque de tarefas e são fáceis de ser modernizados, o que os transforma em "monstros" polivalentes.


Caça multifuncional MiG-29 durante voo de treinamento
MiG-29 © Sputnik / Pavel Lvov

O especialista militar analisou o vídeo das manobras recentemente realizadas no polígono de Ashuluk, na região russa de Astrakhan, publicado pelo Ministério da Defesa russo.

Durante as manobras, a versão modernizada do caça, MiG-29STM, mostrou sua supremacia em vários aspetos de combate contra um inimigo convencional, como a patrulha e apoio de fogo de forças terrestres. Durante as manobras em Astrakhan o avião destruiu colunas de veículos blindados de "terroristas internacionais".

A versão modernizada do caça tem capacidades aperfeiçoadas no que se refere a ataques terrestres, podendo ser equipada com um conjunto alargado de mísseis ar-terra e antinavio Kh-29, Kh-31 e Kh-25, bem como outras atualizações da aviônica, o que inclui mais ferramentas de ECM (contramedidas eletrônicas), para além de um novo conjunto de antenas mais adequado para a detecção de alvos terrestres.

O analista sublinha que o MiG-29 foi desenvolvido na década de 1970 como resposta soviética ao F-16 dos EUA e gradualmente se transformou em um avião polivalente equipado tanto com armas de classe ar-terra e como com mísseis antinavio.

O avião realizou seu primeiro voo em outubro de 1977 e, já em 1983, os MiG-29 começaram a ser entregues à base aérea de Kubinka, região de Moscou.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas