Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Netanyahu sobre julgar Exército de Israel por crimes de guerra: 'É absurdo'

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu considera "absurdo" julgar soldados israelenses por supostos crimes de guerra cometidos contra palestinos nos territórios ocupados.


Sputnik

"É absurdo que o Tribunal Penal Internacional processe soldados americanos ou israelenses", disse o premiê.

Primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu (Foto de aquivo)
Benjamin Netanyahu © AP Photo / Sebastian Scheiner

Nesta semana, Netanyahu elogiou a decisão do Tribunal Penal Internacional de não acusar as tropas americanas de alegados crimes de guerra cometidos no Afeganistão.

A corte penal está considerando a acusação contra soldados israelenses de crimes de guerra alegadamente cometidos durante as suas intervenções na Faixa de Gaza e como consequência da construção dos colonatos judeus na Cisjordânia.

O Conselho de Direitos do Homem das Nações Unidas elaborou uma base de dados secreta com nomes e ações dos soldados e oficiais israelenses suspeitos de terem cometido crimes de guerra durante a repressão dos protestos palestinos no decorrer do último ano em Gaza.

Para o premiê israelense, a decisão do TPI desta semana sobre os Estados Unidos tem "implicações extraordinárias" para Israel e o resto do mundo, além de que o tribunal foi criado para responder às atrocidades cometidas por países que não têm um sistema legal respeitado, o que não seria o caso de Israel.

Carrinho de Praia com Avanço para Caixa Térmica Mor

Carrinho de Praia com Avanço para Caixa Térmica Mor

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas