Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump não precisa de autorização do Congresso para declarar guerra ao Irã, diz analista

Donald Trump pode não precisar do aval do Congresso para declarar guerra contra o Irã, algo que seus conselheiros "vêm construindo discretamente" um caso em meio a sanções crescentes, informa Jonathan Allen, da NBC News.
Sputnik

O articulista afirma que os principais elementos do plano incluem ligar a al-Qaeda ao Irã para retratar a República Islâmica como uma ameaça terrorista aos EUA, "o que é exatamente o que as autoridades do governo vêm fazendo nas últimas semanas".

"Isso poderia dar a Trump a justificativa que ele precisa para combater o Irã sob a resolução de uso de força de 2001, sem aprovação do Congresso", Allen argumenta, acrescentando que o Congresso dificilmente concederá ao presidente americano "nova autoridade para atacar o Irã nas circunstâncias atuais ”.

Os comentários do autor vêm depois que o New York Times citou vários altos funcionários norte-americanos não identificados dizendo que “[o presidente Donald] Trump foi firme em dizer que…

Bolsonaro diz que se não enfraquecer Exército da Venezuela, Maduro não cai

O presidente voltou a defender uma "solução pacífica" para o país vizinho


Estadão Conteúdo

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta sexta-feira (3) que a única forma de o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, cair, é enfraquecer o Exército daquele país. "Não tem outra maneira. Se você não enfraquecer o Exército da Venezuela, o Maduro não cai", disse o presidente a jornalistas, após cerimônia de imposição de insígnias da Ordem de Rio Branco, no Itamaraty.

Jair Bolsonaro
Bolsonaro disse que o país não enviou nenhum emissário à Venezuela para tratar da crise | Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Ele voltou a defender uma solução "de forma pacífica" para o país vizinho. "Se não tiver como, com um hipotético conflito, aí cada país decide se vai para as últimas consequências ou não", declarou.

No evento, destinado à formatura de diplomatas, Bolsonaro afirmou que, quando a diplomacia falha, as Forças Armadas entram em campo. Ele negou que estivesse falando da Venezuela. "Quando acaba a saliva, entra a pólvora. Não queremos isso", declarou à imprensa.

Bolsonaro disse que o país não enviou nenhum emissário à Venezuela para tratar da crise e que não tem nada para conversar com Nicolás Maduro. Ele voltou a falar que, neste momento, sua maior preocupação é com a Argentina por causa da eleição no país e que ação do Brasil nesse sentido se dará no limite das atribuições do Itamaraty.

Smart TV LED 43” LG 43LK5750 Full HD Wi-Fi HDR - Inteligência Artificial Conversor Digital 2 HDMI

Smart TV LED 43” LG 43LK5750 Full HD Wi-Fi HDR - Inteligência Artificial Conversor Digital 2 HDMI

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas