Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump diz que 'certamente' entraria em guerra com o Irã, mas 'não agora'

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que consideraria uma ação militar contra o Irã para impedir que a República Islâmica consiga armas nucleares. A briga entre Teerã e Washington aumentou depois que os EUA acusaram o Irã de atacar dois petroleiros.
Sputnik

"Eu certamente vou considerar as armas nucleares", disse Trump à revista Time na terça-feira, quando perguntado sobre o que poderia levá-lo a declarar guerra ao Irã. "E eu manteria o outro um ponto de interrogação".

A reportagem não especificou se o presidente elaborou o cenário de lançar um conflito armado de pleno direito com a República Islâmica sobre seu programa nuclear. Quando um repórter perguntou a Trump se ele estava considerando uma ação militar contra o Irã agora, ele respondeu: "Eu não diria isso. Eu não posso dizer isso".

Seus comentários foram feitos um dia depois de o Pentágono ter enviado 1.000 soldados extras para o Oriente Médio "para fins defensivos".

Os Estados Unidos cu…

Com forte presença 80 anos atrás, caça soviético Yak-9 segue imponente; veja vídeo

Modelo fabricado entre 1942 e 1948 participou da Segunda Guerra. Na época, foram produzidas 16.769 unidades da aeronave, tornando-a a mais numerosa do conflito.


Jakob Orekhov | Russia Beyond

Os Yak-9 participaram de seus primeiros combates no final de 1942, durante a Batalha de Stalingrado. Algumas unidades da aeronave foram curiosamente empregadas na escolta dos bombardeiros norte-americanos B-17 ‘Fortaleza voadora’ e B-24 ‘Libertador’, que realizaram missões contra a Romênia. 


Resultado de imagem para yak-9
Yakovlev Yak-9 | Reprodução

Após a Segunda Guerra Mundial, o caça russo passou a compor o arsenal da Força Aérea de vários países, como Albânia, Polônia, Hungria e Coreia do Norte.



Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas