Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump não precisa de autorização do Congresso para declarar guerra ao Irã, diz analista

Donald Trump pode não precisar do aval do Congresso para declarar guerra contra o Irã, algo que seus conselheiros "vêm construindo discretamente" um caso em meio a sanções crescentes, informa Jonathan Allen, da NBC News.
Sputnik

O articulista afirma que os principais elementos do plano incluem ligar a al-Qaeda ao Irã para retratar a República Islâmica como uma ameaça terrorista aos EUA, "o que é exatamente o que as autoridades do governo vêm fazendo nas últimas semanas".

"Isso poderia dar a Trump a justificativa que ele precisa para combater o Irã sob a resolução de uso de força de 2001, sem aprovação do Congresso", Allen argumenta, acrescentando que o Congresso dificilmente concederá ao presidente americano "nova autoridade para atacar o Irã nas circunstâncias atuais ”.

Os comentários do autor vêm depois que o New York Times citou vários altos funcionários norte-americanos não identificados dizendo que “[o presidente Donald] Trump foi firme em dizer que…

Netanyahu ordena que Exército continue 'ataque maciço' contra militantes em Gaza

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu disse que instruiu as Forças de Defesa de Israel (IDF) a continuarem os "ataques maciços" contra militantes palestinos que continuam a disparar foguetes a partir da Faixa de Gaza.


Sputnik

"Eu instruí [os militares] esta manhã para continuarem seus ataques maciços contra elementos terroristas na Faixa de Gaza", disse o premiê israelense no início de uma reunião do gabinete realizada neste domingo (5).

Premiê israelense Benjamin Netanyahu na residência presidencial em Jerusalém, 17 de abril de 2019
Benjamin Netanyahu © REUTERS / Ronen Zvulun

Netanyahu acrescentou que ordenou o reforço das tropas destacadas nas fronteiras do enclave com veículos blindados, artilharia e forças de infantaria.

Mais cedo, o Exército de Israel comunicou que estão deslocando uma brigada blindada para sul com a intenção de a envolver em operações ofensivas, se for necessário.

O porta-voz das Forças de Defesa de Israel, Jonathan Conricus, disse em um briefing que não sabia se as negociações de cessar-fogo, que no passado permitiram a restauração da trégua em um ou dois dias, estavam em andamento.

Em meio às hostilidades, grupos armados dispararam a partir da Faixa de Gaza cerca de 430 foguetes e granadas de morteiro, aos quais os israelenses responderam atingindo 220 alvos.

Miragem de paz: Israel e Palestina - processos e retrocessos - Israel e Palestina - processos e retrocessos

Miragem de paz: Israel e Palestina - processos e retrocessos - Israel e Palestina - processos e retrocessos

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas