Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Novo porta-aviões italiano será equipado com caças F-35B norte-americanos?

Recentemente, a Marinha italiana lançou seu novo porta-aviões, o L9890 Trieste, para reforçar sua frota naval.


Sputnik

A embarcação deverá substituir o porta-aviões Giuseppe Garibaldi no início de 2020. Apesar de o novo porta-aviões de 32.000 toneladas ter sido inicialmente projetado para receber os caças norte-americanos F-35B, a suspensão dos pedidos por parte de Roma e os planos de encerrar a participação italiana no programa de produção dos F-35 coloca em risco o futuro do navio italiano.

Porta-aviões Giuseppe Garibaldi | Reprodução

O Trieste, assim como o Garibaldi, não possui um sistema de lançamento de catapulta e nem mesmo um convés adequado para acomodar caças como o F-18 Hornet ou o Rafale M, segundo a Military Watch.

Atualmente, o Trieste transporta a bordo caças norte-americanos AV-8B Harrier, da McDonnell Douglas, uma plataforma desenvolvida em 1981 e que está sendo desativada pelo seu principal operador, o Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA.

Com o investimento de mais de € 1 bilhão (R$ 4,5 bilhões) no novo porta-aviões, o governo italiano deverá aprovar a aquisição de um pequeno número de caças F-35B devido às suas capacidades de realizar pouso vertical.

Atualmente, apenas a Grã-Bretanha planeja integrar o F-35B. Entretanto, a Itália pode ser o próximo país a adquirir o novo caça norte-americano.

Destacando que o F-35B é considerado como o mais dispendioso do mundo, tal pode dificultar muito a substituição das atuais aeronaves da Força Aérea italiana.

A Itália tem atualmente 9 caças F-35A em serviço, em um total de 28 encomendados, estando previstos mais 30 jatos F-35B mas que ainda não foram encomendados.

Sofa Itália 2,25 Mts Retrátil e Reclinável Tecido Suede Castor - Moveis Marfim - Moveis marfim r.e

Sofa Itália 2,25 Mts Retrátil e Reclinável Tecido Suede Castor - Moveis Marfim

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas