Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã ameaça romper limite de reservas de urânio; entenda o que país pode fazer se sair de acordo nuclear

Sem regulação, país pode adotar equipamentos mais modernos e rápidos e ampliar volume de enriquecimento de material que pode ser usado em armas nucleares. Acordo foi firmado em 2015 entre Irã e mais seis países, mas Trump retirou EUA em maio de 2018.
Associated Press

O Irã anunciou que irá exceder o limite de reservas de urânio determinado pelo acordo nuclear de 2015, ampliando as tensões no Oriente Médio.

O prazo de 27 de junho dado por Teerã vem antes de outra data limite, 7 de julho, para que a Europa apresente melhores termos para que o país permaneça no acordo. Se essa segunda data passar sem nenhuma ação, o presidente iraniano Hassan Rouhani diz que a república islâmica irá provavelmente retomar o alto enriquecimento de urânio.

Veja a seguir em que situação está o programa nuclear do Irã atualmente:

O acordo nuclear

O Irã fechou um acordo nuclear em 2015 com Estados Unidos, França, Alemanha, Reino Unido, Rússia e China. O acordo, formalmente conhecido como Plano de Ação Conjunto Abran…

Turquia tem prazo até junho para desistir do acordo de compra dos sistemas S-400

Os Estados Unidos dão um prazo de um pouco mais de duas semanas à Turquia para que esta desista do acordo de compra dos sistemas de defesa antiaérea russos S-400, ou irá enfrentar consequências, incluindo sanções, informa mídia.


Sputnik

Se a Turquia não desistir de seu acordo com a Rússia e não comprar o sistema de defesa antimísseis Patriot fabricado nos EUA até o final da primeira semana de junho, enfrentará consequências negativas, informou a CNBC na terça-feira (21), citando diversas fontes familiarizadas com a situação.

Sistema de mísseis antiaéreos S-400 Triumph em funcionamento
S-400 Triumph © Sputnik / Mikhail Voskresensky

As consequências incluem a exclusão da Turquia do programa de fornecimento de caças F-35, no âmbito do qual a Turquia receberia 100 caças furtivos deste modelo, e a aplicação de sanções contra o país. Tudo isso poderia prejudicar a posição do país na OTAN.

Os Estados Unidos afirmaram anteriormente que os sistemas de defesa antiaérea S-400 são incompatíveis com os padrões da OTAN e que a compra destas armas fabricadas na Rússia prejudicaria a segurança da Aliança.

Para além disso, os EUA alertaram a Turquia várias vezes de que o país iria sofrer consequências, ameaçando que poderiam suspender a venda de caças F-35. A Turquia é um dos sete países que participam no programa de fornecimento dos F-35.

Anteriormente Ancara declarou que não desistirá dos seus planos de aquisição de sistemas russos S-400.

A primeira entrega destes sistemas de defesa antiaérea está prevista para julho deste ano.

Café Turco Martelado 240ml Cerâmica Pomodoro Ceraflame

Café Turco Martelado 240ml Cerâmica Pomodoro Ceraflame

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas