Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Em áudio vazado, secretário de Estado assume que EUA falharam em unir oposição venezuelana

De acordo com o secretário de Estado dos EUA, desentendimentos contínuos entre líderes da oposição venezuelana frustraram as tentativas de encenar uma insurreição efetiva no país. Apesar de Washington ter escolhido reconhecer a autoridade de Juan Guaidó, Mike Pompeo avalia em áudio que "inimigos de Maduro ainda querem poder para eles mesmos".


Sputnik

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, admitiu que o maior desafio enfrentado pela administração dos EUA na Venezuela era manter unificada a oposição venezuelana.

Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo
Mike Pompeo © AP Photo / Sait Serkan Gurbuz

Em áudio vazado supostamente obtido pelo Washington Post, gravado em uma reunião entre Pompeo e líderes judeus na semana passada, Pompeo disse que manter a oposição unida provou ser "diabolicamente difícil".

"No momento em que Maduro sair, todo mundo vai levantar as mãos e dizer: 'Escolha eu, sou o próximo presidente da Venezuela'. Seriam mais de quarenta pessoas que acreditam ser o legítimo herdeiro de Maduro", diz o secretário no áudio citado pelo jornal.

Curiosamente, o Secretário de Estado inicialmente recusou-se a debater o assunto, dizendo que "alguém provavelmente tem um gravador ligado", revela o presidente do Washington Post. Ele também acrescentou que ainda acredita que Nicolás Maduro embora "não possa dizer o momento [exato em que isso acontecerá]".

De acordo com The Hill, Pompeo revelou que os EUA lutaram para unir a oposição venezuelana desde que ele ainda era diretor da CIA, em 2017. 
Desentendimentos contínuos entre os opositores impediram a criação de uma revolta bem-sucedida. Ele atribuiu o fracasso da tentativa do golpe do líder oposicionista Juan Guaido em 30 de abril à falta de consenso entre os inimigos de Maduro.

Na gravação que vazou, Pompeo supostamente especulou que Maduro "é principalmente cercado por cubanos".

"Ele não confia nos venezuelanos. Eu não o culpo. Ele não deveria. Eles estavam todos conspirando contra ele. Infelizmente, eles estavam planejando tudo sozinhos", Pompeo disse na gravação.

Relógio Masculino Casio Analógico - Collection MTP-V002D-7BUDF

Relógio Masculino Casio Analógico - Collection MTP-V002D-7BUDF

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas