Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump diz que 'certamente' entraria em guerra com o Irã, mas 'não agora'

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que consideraria uma ação militar contra o Irã para impedir que a República Islâmica consiga armas nucleares. A briga entre Teerã e Washington aumentou depois que os EUA acusaram o Irã de atacar dois petroleiros.
Sputnik

"Eu certamente vou considerar as armas nucleares", disse Trump à revista Time na terça-feira, quando perguntado sobre o que poderia levá-lo a declarar guerra ao Irã. "E eu manteria o outro um ponto de interrogação".

A reportagem não especificou se o presidente elaborou o cenário de lançar um conflito armado de pleno direito com a República Islâmica sobre seu programa nuclear. Quando um repórter perguntou a Trump se ele estava considerando uma ação militar contra o Irã agora, ele respondeu: "Eu não diria isso. Eu não posso dizer isso".

Seus comentários foram feitos um dia depois de o Pentágono ter enviado 1.000 soldados extras para o Oriente Médio "para fins defensivos".

Os Estados Unidos cu…

EUA enviam navios da Guarda Costeira para mar do Sul da China

Estados Unidos enviaram navios da Guarda Costeira ao mar do Sul da China para monitorar as ações chinesas, informa o portal filipino Rappler, citando a vice-almirante Linda Fagan, comandante da Guarda Costeira dos EUA no Pacífico.


Sputnik

De acordo com o portal, a vice-almirante disse que os navios da Guarda Costeira dos EUA monitoram "algumas ações" chinesas no mar do Sul da China. Como indica Fagan, as operações da Guarda Costeira dos EUA têm sido "consistentes" em décadas de patrulhamento das águas da região Ásia-Pacífico.

Resultado de imagem para us coast guard
Reprodução

A vice-almirante observou que a Guarda Costeira dos EUA garante que os princípios do direito internacional sejam respeitados. Fagan acrescentou que os EUA "estão muito interessados em trabalhar com países [...] de uma forma útil e benéfica, em particular, para alguns pequenos países insulares que têm dificuldades em executar sua zona econômica exclusiva".

A China vem disputando há décadas com vários países da região Ásia-Pacífico a soberania territorial de uma série de ilhas no mar do Sul da China, onde foram descobertas reservas significativas de hidrocarboneto. Trata-se, antes de tudo, do arquipélago de Sisha (Ilhas Paracel), Nansha (Spratly) e Huangyan (recife de Scarborough). Vietnã, Brunei, Malásia e Filipinas estão, em partes, envolvidos na disputa.

Nos últimos dois anos, ocorreram vários incidentes envolvendo destróieres norte-americanos. Os EUA os enviam regularmente para patrulhar o mar do Sul da China perto de ilhas disputadas, que são consideradas pela China como sendo suas. Apesar de protestos de Pequim, Washington declarou que os EUA continuarão navegando onde o direito internacional permitir.

Barco Bote Inflável Intex Seahawk 200 Kg Par De Remos Bomba

Barco Bote Inflável Intex Seahawk 200 Kg Par De Remos Bomba

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas