Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump diz que 'certamente' entraria em guerra com o Irã, mas 'não agora'

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que consideraria uma ação militar contra o Irã para impedir que a República Islâmica consiga armas nucleares. A briga entre Teerã e Washington aumentou depois que os EUA acusaram o Irã de atacar dois petroleiros.
Sputnik

"Eu certamente vou considerar as armas nucleares", disse Trump à revista Time na terça-feira, quando perguntado sobre o que poderia levá-lo a declarar guerra ao Irã. "E eu manteria o outro um ponto de interrogação".

A reportagem não especificou se o presidente elaborou o cenário de lançar um conflito armado de pleno direito com a República Islâmica sobre seu programa nuclear. Quando um repórter perguntou a Trump se ele estava considerando uma ação militar contra o Irã agora, ele respondeu: "Eu não diria isso. Eu não posso dizer isso".

Seus comentários foram feitos um dia depois de o Pentágono ter enviado 1.000 soldados extras para o Oriente Médio "para fins defensivos".

Os Estados Unidos cu…

General iraniano diz que arsenal de mísseis do Irã é inegociável

O vice-chefe do Exército, o contra-almirante Sayyari, ecoando as recentes declarações do líder da Revolução Islâmica, Ayatollah Seyed Ali Khamenei, afirmou que as capacidades de defesa e mísseis do Irã nunca estariam sujeitas a negociações.


Sputnik

Sayyari disse à Tasnim News Agency que as palavras do Líder Supremo sobre a impossibilidade de conversações sobre as capacidades de defesa e mísseis do Irã eram claras.

Sistema de defesa antiaérea de mísseis do Irã
© AP Photo / Ministério da Defesa do Irã

"Declaramos explicitamente que o poder de defesa e mísseis do Irã são absolutamente inegociáveis", afirmou o general, acrescentando: "Os europeus podem ter muitos desejos e sonhos, mas não permitiremos que realizem o sonho de manter conversas sobre mísseis com Irã".

O comandante também descartou qualquer possibilidade de negociar com os EUA, comparando-os a um veneno letal.

Em comentários no mês passado, o aiatolá Khamenei descartou categoricamente a ideia de conversações com os EUA, dizendo: "Negociação é veneno" Segundo ele, a possibilidade é ainda mais impovável "com a atual administração".

No domingo, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que os EUA estariam dispostos a conversar com o Irã quando ele começasse a se comportar "como uma nação normal". O Ministério das Relações Exteriores iraniano acusou Pompeo de "brincar com as palavras" e disse que uma mudança de conduta, e não apenas retórica, era necessária para "que qualquer conversa aconteça".

Amperímetro E Multímetro Digital Alicate - Minipa - Et-3111

Amperímetro E Multímetro Digital Alicate - Minipa - Et-3111

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas