Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump diz que 'certamente' entraria em guerra com o Irã, mas 'não agora'

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que consideraria uma ação militar contra o Irã para impedir que a República Islâmica consiga armas nucleares. A briga entre Teerã e Washington aumentou depois que os EUA acusaram o Irã de atacar dois petroleiros.
Sputnik

"Eu certamente vou considerar as armas nucleares", disse Trump à revista Time na terça-feira, quando perguntado sobre o que poderia levá-lo a declarar guerra ao Irã. "E eu manteria o outro um ponto de interrogação".

A reportagem não especificou se o presidente elaborou o cenário de lançar um conflito armado de pleno direito com a República Islâmica sobre seu programa nuclear. Quando um repórter perguntou a Trump se ele estava considerando uma ação militar contra o Irã agora, ele respondeu: "Eu não diria isso. Eu não posso dizer isso".

Seus comentários foram feitos um dia depois de o Pentágono ter enviado 1.000 soldados extras para o Oriente Médio "para fins defensivos".

Os Estados Unidos cu…

Japão revela causa da queda de caça F-35A

A causa do acidente de um caça furtivo F-35A da Força Aérea de Autodefesa do Japão no início de abril no oceano Pacífico, ao largo da costa da ilha do norte de Honshu, foi desorientação do piloto, informa agência Kyodo.


Sputnik

De acordo com a agência, o piloto do avião ficou desorientado, nomeadamente, perdendo controle da altitude e posição. A conclusão foi feita com base na análise de informações do radar e registros das conversas entre pilotos dos caças que estavam realizando voo de treinamento com o avião que caiu.

Caça F-35 (foto de arquivo)
F-35 Lightning II © AP Photo / Rick Bowmer

Dados mostraram que o piloto de 41 anos não tentou se ejetar, o que indica que ele já estava desorientado antes de se acidentar. Os resultados da investigação foram publicados pelo ministro da Defesa do Japão, Takeshi Iwaya, durante coletiva de imprensa nesta segunda-feira (10). Ao mesmo tempo, ele enfatizou que Tóquio não planeja abrir mão dos caças F-35A no futuro.

"Pretendemos fortalecer o treinamento para evitar que pilotos percam orientação espacial e fornecer explicações detalhadas aos moradores locais antes de tomar a decisão de reaver os voos", destacou.

Um F-35A da Força Aérea de Autodefesa do Japão caiu no dia 9 de abril, e seus destroços foram encontrados no oceano Pacífico, perto da prefeitura de Aomori. O piloto foi dado como desaparecido. No início de maio, um gravador digital de dados de voo do caça foi retirado do fundo do mar, mas estava muito danificado para serem resgatadas gravações.

Pouco depois, militares japoneses descobriram um fragmento do motor e uma asa de um caça multifuncional que tinha sido severamente danificado. No início de junho, a busca pelos fragmentos restantes da aeronave havia parado.

Tablet DL Creative Tab com Headphone 8GB 7” Wi-Fi - Proc. Quad Core Android 7.1 Câmera Integrada

Tablet DL Creative Tab com Headphone 8GB 7” Wi-Fi - Proc. Quad Core Android 7.1 Câmera Integrada

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas